Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-15T16:44:55-03:00
Estadão Conteúdo
Papo reto

Para Sabesp, metas definidas pelo relator no marco do saneamento são difíceis de atender

Entre os pontos tidos como difíceis de cumprir está o limite de 25% para subdelegações pelo prestador de serviços

15 de outubro de 2019
16:44
Sabesp
Imagem: Shutterstock

O presidente da Sabesp, Benedito Braga, avalia positivamente a modernização do marco legal de saneamento, mas pondera que há pontos de atenção a serem observados no texto que está em discussão na Câmara.

O executivo cita como exemplo o limite de 25% para subdelegações pelo prestador de serviços, que "não faz sentido", em sua visão.

Essa limitação às subdelegações tem sido criticada por uma ala do setor de saneamento, que entende que isso restringe os arranjos possíveis de parcerias entre público e privado.

Além disso, Braga disse acreditar que as empresas encontrarão dificuldades para cumprir o prazo para atendimento das metas de universalização dos serviços.

Conforme o texto do relator do marco, deputado Geninho Zuliani (DEM-SP), os contratos deverão incluir metas que garantam, até 31 de dezembro de 2033, a cobertura de 99% do abastecimento de água potável e de 90% da coleta e tratamento de esgoto. Em caso de descumprimento, o contrato pode ser encerrado.

Em comentário sobre o ambiente macroeconômico, o presidente da Sabesp avaliou as reformas previdenciária e tributária como essenciais para que a conjuntura mais favorável fique "clara" aos investidores, sobretudo estrangeiros. "Tenho otimismo, desde que o Legislativo aja rapidamente para que essas reformas não demorem a serem aprovadas", afirmou.

O executivo destacou ainda como "importantíssimo" o pacto federativo. "Numa federação, tem que haver de fato autonomia política e também financeira dos entes", defendeu.

Braga participou na manhã desta terça-feira, 15, do Prêmio Empresas Mais, do Grupo Estado.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

dinheiro no caixa

Petrobras vende participação em companhias de energia por R$ 160 milhões

Estatal assinou contratos para a venda de suas participações de 20% na Termelétrica Potiguar (TEP) e de 40% na Companhia Energética Manauara (CEM) para a Global Participações Energia S.A. (GPE)

seu dinheiro na sua noite

Mais micro, menos macro: quando os balanços são o destaque na bolsa

Como investidores, sabemos que os mercados estão sujeitos às mudanças no cenário macroeconômico – e, no caso do Brasil e outros países emergentes, os pregões são particularmente suscetíveis também ao noticiário político. Mas, no fim do dia, a bolsa reflete o desempenho das companhias que ali são negociadas. Nas temporadas de balanços trimestrais, analistas e […]

cardápio do dia

Fleury, EcoRodovias e Localiza: os balanços que mexem com o mercado nesta sexta

Companhias registram forte aumento no lucro, confirmando tendência entre empresas do Ibovespa

Fechamento do dia

Bolsa, dólar e juros fecham o dia no vermelho, com balanços no radar e Wall Street em alta

Em movimento raro, bolsa, dólar e juros fecharam o dia no vermelho. É que enquanto o apetite por risco reinava no exterior, os balanços levaram o Ibovespa a um movimento de correção

Vídeos

Elon Musk volta a falar sobre Bitcoin – Confira as últimas notícias sobre o mercado de criptoativos com André Franco, analista da Empiricus

André Franco comenta sobre as principais notícias que estão movimentando esse mercado. Fique por dentro agora

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies