Menu
2019-03-21T09:06:53-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Previdência

Maia fala sobre aprovação da Previdência na Câmara e diz que “se não organizar até julho, não é bom sinal”

O presidente da Câmara fez a declaração, ontem à noite (20), em entrevista à BandNews

21 de março de 2019
8:58 - atualizado às 9:06
Rodrigo Maia
Rodrigo Maia - Imagem: André Dusek/Estadão Conteúdo

Em entrevista à BandNews ontem à noite (20), o presidente da Câmara dos Deputados, Rodrigo Maia, disse que ainda vê como "bem possível" a aprovação da PEC na Casa até julho deste ano. Mas fez um alerta e falou que "se não organizar até julho, não é bom sinal". Isso porque depois começa o período de recesso no Congresso.

Maia também ressaltou que aposta que a economia gerada com a reforma deve ser próxima à prevista pela equipe de Paulo Guedes e que seria por volta de R$ 1 trilhão em dez anos. "Tem muito mais convergência do que divergência. Os temas que são mais difíceis, o benefício de prestação continuada (BPC) e aposentadoria rural, não geram impacto na reforma que tire de R$ 1,1 trilhão para R$ 600 bilhões ou R$ 700 bilhões", disse o parlamentar.

Segundo o presidente, o governo de Bolsonaro tem demonstrado uma preocupação objetiva com a reforma e deve se organizar com o Parlamento para aprová-la. Para Maia, as conversas têm avançado bem.

Mas o parlamentar fez uma ressalva. Ele disse que vai ajudar o governo estritamente nas pautas econômicas, como a reforma da Previdência, Tributária e o Pacto Federativo, porém não terá compromisso com a agenda de costumes.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Novo competidor

Grupo catarinense que fatura R$ 8,8 bi vai abrir 1º atacarejo no estado de SP

O Grupo Pereira vai abrir uma unidade da Fort Atacadista, sua bandeira de atacarejo, na cidade de Jundiaí; forte competição em SP é desafio

Tensão em Brasília

Racha no Congresso põe reformas em xeque

A decisão do presidente da Câmara, Arthur Lira (PP-AL), de fatiar a reforma tributária foi vista como a pá de cal nas chances de avanço das reformas no Congresso até o fim do atual governo. Embora Lira tenha prometido abrir o diálogo com o presidente do Senado, Rodrigo Pacheco (DEM-MG), para definir os próximos passos, […]

Rapidinhas da semana

BLINK: Itaúsa, B2W, Eletrobras e mais recomendações rápidas

Felipe Miranda, sócio-fundador e CIO da Empiricus, fala sobre Alpargatas, Eletrobras, Itaúsa, Lojas Americanas e muito mais no Blink

Reserva de emergência

Jeff Bezos, o homem mais rico do mundo, vende ações da Amazon e põe US$ 5 bi na conta

O bilionário Jeff Bezos vendeu cerca de 1,5 milhão de ações da Amazon nos últimos dias e pode vender outros 500 mil papéis em breve

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies