Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-03-12T17:49:44-03:00
Estadão Conteúdo
Discurso dos otimistas

Maia diz que reforma da Previdência pode ser votada na CCJ até o fim do mês

Presidente da Câmara confirmou que a comissão será instalada na quarta-feira e afirmou que o diálogo sobre a reforma está avançando

12 de março de 2019
17:49
Rodrigo Maia
Maia disse que é preciso 350 votos para ter uma margem para votar a Previdência - Imagem: André Dusek/Estadão Conteúdo

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), afirmou nesta terça-feira, 12, que a reforma da Previdência deverá ser votada pela Comissão de Constituição e Justiça (CCJ) até o dias 27 ou 28 de março. A comissão será instalada nesta quarta-feira, 13, e a proposta começará a tramitar. Se for aprovada, ela passa a ser analisada em uma comissão especial.

Para Maia, o diálogo sobre a reforma está avançando e o projeto vai ficando mais claro. "Os parlamentares vão entendendo a importância da votação da matéria", disse. O presidente foi questionado sobre a liberação de emendas por parte do governo em troca da aprovação da Nova Previdência e também de cargos. "Não estou sabendo sobre liberação de emendas. Há uma tramitação normal das emendas impositivas que é feita independentemente do governo, vai se criando um debate sobre algo que não existe", disse.

Sobre o "banco de talentos", ele afirmou que sempre foram feitas nomeações técnicas para o governo, embora, alguns possam "ter errado no nome". Maia elogiou o ministro da Economia, Paulo Guedes, e disse que, apesar dele nunca ter feito política, tem sido um bom articulador.

Para ele, o protagonismo da reforma é de Guedes e do presidente Jair Bolsonaro. "É importante que o governo assuma esse protagonismo", disse. "Se eles não lideram esse processo dificulta muito a tramitação e a votação da matéria na Câmara dos deputados", disse.

Pacto federativo

Maia afirmou que, sobre o pacto federativo, tem receio "de que alguns foquem num tema e esqueçam do outro". "Fico preocupado porque para um governador desvincular o orçamento em seu Estado, talvez resolva o problema nos quatro anos dele e ele possa abrir mão da Previdência", disse. Para Maia, se o problema de curto prazo de alguns estados for solucionado, pode "tirar a vontade" de votar a Previdência. "Essa é minha preocupação. Agora, acho que pode tramitar junto e pode avançar", disse.

Em relação à pressão dos servidores públicos, ele minimizou a questão. "Servidor público que sabe fazer conta vai defender reforma, porque, se não for assim, quem vai ficar sem receber salário são os servidores públicos. Assim já acontece em Estados e municípios e assim vai acontecer no governo federal", disse.

Por fim, Maia disse que é preciso 350 votos para ter uma margem para votar a Previdência. O necessário para que a reforma seja aprovado em dois turnos no plenário são 308 votos em cada uma das vezes.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

VAREJO DECEPCIONADO?

Black Friday supera prévias, mas vendas do fim de semana ainda ainda perdem para os números registrados em 2019

Segundo índice calculado pela Cielo, as vendas cresceram 6,9% em relação ao ano passado, mas foram 3,8% inferiores ao período pré-pandemia

Adeus ano velho

Ano novo, impostos novos! Reforma do IR fica para 2022, confirma presidente do Senado

O governo Bolsonaro pressionava pela aprovação da proposta para financiar o Auxílio Brasil, mas não conseguiu apoio na Casa

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Bitcoin e bolsa se recuperam após susto com nova variante, Azul e Latam sobem o tom e outros destaques do dia

Pouco se sabe ainda sobre a nova variante do coronavírus detectada na África do Sul, mas o que veio à público até agora é muito melhor do que o mercado financeiro precificou na última sexta-feira (26). Sem o pânico visto na semana passada, o Ibovespa encontrou forças para abrir a semana em alta.  Um estudo […]

Fechamento do dia

Mercado supera susto com ômicron, e bolsas globais engatam recuperação; Ibovespa sobe com menos força, de olho na PEC dos precatórios

Pesando os desafios fiscais brasileiros, o Ibovespa fechou longe das máximas, mas se recuperou parcialmente do tombo de sexta-feira

UM ÚLTIMO TUÍTE

Do Twitter para o bitcoin? Jack Dorsey deixa comando da rede social e reacende rumores sobre projeto em criptomoedas

O fundador da rede social passará o cargo para Parag Agrawal, um veterano da empresa, depois de comandá-la de 2006 a 2008 e de 2015 até hoje

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies