🔴 3 ações para LUCRAR com a SELIC em alta: clique aqui e descubra quais são

2019-04-25T17:55:23-03:00
Estadão Conteúdo
Sem toma-lá-dá-cá

Maia afirma que Câmara “não está trocando nada” para aprovação da reforma da Previdência

Presidente da Casa rebateu falas de líderes do Centrão de que o governo chegou a oferecer emendas extras para os deputados aprovarem o texto

24 de abril de 2019
19:23 - atualizado às 17:55
Rodrigo Maia
Rodrigo Maia - Imagem: J.Batista/Câmara dos Deputados

O presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), disse que a Câmara dos Deputados "não está trocando nada" ao responder se os parlamentares negociaram a aprovação da reforma da Previdência na Comissão de Constituição, Cidadania e Justiça (CCJ) por emendas extras.

"O Orçamento está contingenciado, a reforma foi aprovada. Agora, se executar o Orçamento for crime não sei mais como se faz política. Agora, uma coisa é execução do Orçamento, outra coisa é trocar e a Câmara não está trocando nada", disse.

Líderes do Centrão dizem que o governo chegou a oferecer emendas extras para os deputados em conversas sobre a aprovação da reforma da Previdência.

A oferta teria sido feita em reuniões individuais realizadas na semana passada entre Maia, o ministro da Casa Civil, Onyx Lorenzoni, e os líderes. A oferta seria de R$ 10 milhões por ano em emendas, o que totalizaria R$ 40 milhões ao final da legislatura.

"Ninguém está tratando sobre um Orçamento tão flexível assim para que se possa influenciar votação. Mas se governo tiver R$ 1 ou R$ 2 milhões para o meu Estado, vou ficar muito feliz", disse e acrescentou que o Rio de Janeiro passa por dificuldades.

Maia defendeu que deputados que votaram a favor da reforma o fizeram de forma responsável com a convicção de que era o melhor para a economia do País. "Sabemos que a votação da Previdência é fundamental", disse.

O presidente da Câmara voltou a reafirmar que trabalha para instalar a comissão especial da Previdência nessa quinta-feira, mas que depende da indicação dos membros dos líderes. Ele precisa ter a metade da comissão mais um deputado, ou seja, 26 nomes.

"Se instalar comissão amanhã, certamente a partir do dia 6 ou 7, o presidente da comissão vai construir calendário", afirmou.

Sobre a aprovação de terça-feira, Maia disse que o governo está mais participativo na defesa da reforma. "Ontem (terça) foi a vitória do legislativo, o governo passou a ajudar nos últimos dias. O ministro Onyx passou a ter uma participação mais efetiva, isso ajudou", disse.

Ele negou que o grupo de partidos do Centrão tenha saído fortalecido da negociação depois de negociar um acordo para a retirada de alguns pontos da reforma.

Sobre os parlamentares, ele disse que ficou impressionado com a mobilização de deputados nas redes. "Mas é fundamental que no sistema presidencialista o governo participe de forma efetiva. O presidente que já defendeu com menos ênfase vem aumentando essa defesa" disse.

"PSDB tem nos ajudado no processo (Previdência), tenho certeza que vai ter protagonismo grande na comissão especial", disse ainda. Ele não disse se já definiu o nome do presidente da comissão.

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Fraqueza nos números

Entrega de veículos da Tesla (TSLA34) recua no segundo trimestre e vem abaixo da expectativa do mercado

Apesar do crescimento das vendas na comparação anual, houve uma queda em relação ao trimestre anterior

Mais uma vítima

Após tomar calote do 3AC, exchange Voyager Digital suspende saques, depósitos e negociações de clientes

Corretora de criptomoedas tomou calote de mais de US$ 670 milhões, mas, apesar de ter tomado empréstimos, precisou paralisar atividades

Bancões na área

Vão sobrar uns cinco ou dez bancos digitais, e o Next está entre eles, diz CEO do banco digital do Bradesco

Renato Ejnisman diz ainda que Next visa a mais aquisições e pensa ainda em internacionalização

No vermelho

Magazine Luiza (MGLU3) é a ação com o pior desempenho do Ibovespa no primeiro semestre de 2022; outras varejistas e techs também sofreram no período

Com queda acumulada de quase 70% no ano, ações do Magalu são as piores do Ibovespa no semestre que acaba de terminar

Proteção

Qual título público comprar no Tesouro Direto? Santander recomenda papel indexado à inflação para o mês de julho; veja qual

Recomendação do banco para o Tesouro Direto visa proteção contra a inflação e possibilidade de valorização

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies