Menu
2019-10-22T16:25:52-03:00
E a crise continua

Ex-líder do PSL, delegado Waldir diz que Bolsonaro é covarde e se dobra a generais em reforma da Previdência dos militares

Praças estão revoltados com as mudanças porque há a previsão de um reajuste maior para as patentes mais altas

22 de outubro de 2019
16:25
Delegado Waldir, PSL
Imagem: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

Em meio à disputa com o governo, o deputado Delegado Waldir (PSL-GO) disse que o presidente Jair Bolsonaro foi "covarde" e que "se dobra aos generais" na reforma da Previdência dos militares.

Os praças - militares de baixa patente - estão revoltados com as mudanças porque há a previsão de um reajuste maior para as patentes mais altas.

"O governo colocou na Comissão Especial apenas oficiais. O salário continuará sendo uma miséria para os sargentos", disse Waldir.

A Comissão Especial que discute a reforma da previdência dos militares discute o projeto nesta terça. Nesta tarde, está sendo votado um requerimento para encerrar as discussões e entrar na fase de votação do projeto na comissão.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

esquenta dos mercados

Após ganhos recentes, incertezas com covid-19 e economia voltam a pesar nos mercados

Depois de um dia em que os mercados globais foram embalados pela esperança em uma recuperação rápida, a terça-feira começa em um tom mais cauteloso. Com os investidores absorvendo as incertezas que podem prejudicar a tão sonhada recuperação em V. Nos Estados Unidos, o avanço do coronavírus pode ser um obstáculo para a retomada da […]

crise no setor

Azul inicia demissões e sindicato afirma que já são mais de mil em todo o País

Empresa informa estar buscando soluções para enfrentar a crise decorrente da pandemia da covid-19

disputa em meio à crise

Acordo com Gol acirra disputa entre sócios da Smiles

Segundo sócios do Carpena Advogados, as operações de compra antecipada de passagens “não estão sendo realizadas pelo interesse da companhia, mas da sua controladora”

caçador de assimetrias

Admirável semestre novo: riscos e oportunidades para a segunda metade do ano

Devemos parar, respirar fundo e observar o panorama de risco, antes de refletir sobre uma suposta alocação ideal. Sobre os risco, eu poderia enumerá-los; veja neste texto

pedido de liminar

MPF pede afastamento de Ricardo Salles

De acordo com doze procuradores que assinam a ação, ministro atuado em série de atos, omissões e discursos que caracterizariam conduta intencional ‘com o objetivo de fragilizar a atuação estatal na proteção do meio ambiente’

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements