Menu
2019-11-08T15:58:21-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Não vai ser fácil

Fitch diz que Brasil precisa de mais reformas e crescimento se quiser ver rating elevado

Diretor-executivo da agência de rating, Rafael Guedes, afirmou que é preciso mais do que a reforma que o país volte a crescer

8 de novembro de 2019
15:58
Fachada da Fitch Ratings
Imagem: Shutterstock

O diretor executivo da agência de rating Fitch, Rafael Guedes, afirmou que a aprovação da reforma da Previdência era necessária, mas não suficiente para mudar a nota do Brasil, que está em perspectiva estável e só deve ter revisão entre 18 e 24 meses.

"Sem dúvida a gente está vendo nesses 300 dias de governo uma série de alterações, como a reforma da Previdência, que não foi aquela que foi enviada mas ficou bastante robusta, a parte mais difícil já passou", avaliou depois de ter sua palestra cancelada no seminário sobre risco Brasil, na Fundação Getúlio Vargas (FGV) para dar lugar ao ministro da Economia, Paulo Guedes, que teria um compromisso e não poderia esperar a fala do executivo da Fitch.

De acordo com Guedes, porém, mais do que a reforma é preciso que o país volte a crescer."A reforma da Previdência é necessária mas não suficiente para que tenhamos estabilização das contas fiscais, outras reformas são necessárias e tão importante como a reforma é o crescimento voltar", disse.

Ele afirmou que o mercado tem demonstrado confiança na condução econômica do governo e destacou a queda da taxa de juros. "Elas (taxas de juros) caíram pela metade e estão muito mais planas. Isso indica que o mercado tem uma confiança muito maior na sustentabilidade da dívida governamental no longo prazo", explicou.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter

Frustração com megaleilão

Guedes também disse que a venda abaixo do esperado no megaleilão de petróleo esta semana não compromete as contas do governo, mas que a agência dava como certos esses recursos. Ele ponderou que isso não deve afetar uma eventual revisão da nota do Brasil.

Guedes elogiou o programa de privatização do governo e as demais reformas que estão sendo anunciadas e destacou a falta de protestos com a venda da BR Distribuidora, o que indicaria que o processo está ocorrendo de maneira tranquila.

"Qualquer menção de privatização, até de tirar o cafezinho da Petrobras, a avenida Chile (onde fica a sede da Petrobras, no Rio) ficaria intransitável. Tivemos a privatização da BR Distribuidora sem nenhum ruído", afirmou. "Tem uma série de fatores da privatização, mas sem dúvida vender ativos é bom para as contas do governo", completou.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

clima de otimismo

CEOs brasileiros apostam em receita maior em 2020

Segundo a pesquisa anual da consultoria PwC, 78% dos executivos dizem esperar crescimento de receita neste ano

o que mexe com os negócios hoje?

Mercados reagem e ficam no vermelho após aumento de casos do coronavírus na China

O Fórum Econômico Mundial de Davos fica em primeiro plano em dia de agenda esvaziada

tensão na ásia

China e países próximos adotam medidas diante da nova pneumonia

Governo revelou que novo tipo de coronavírus, que causa infeções respiratórias em seres humanos e animais, é transmissível entre seres humanos

dinheiro que entra

Positivo anuncia oferta de ações que pode movimentar R$ 521 milhões

Recursos serão usados para o crescimento de contratos com instituições públicas e expansão do negócio Positivo as a Service e de outras avenidas de crescimento

em davos

Trump vai mencionar crescimento econômico e China em discurso, diz secretário

Para Steven Mnuchin, acordo comercial “de fase 1” criará “enormes oportunidades” para empresas e trabalhadores americanos, mas segunda fase do pacto pode não ser um “Big Bang”

negócio fechado

Caixa Seguridade fecha parceria com Icatu em capitalização por R$ 180 milhões

Sociedade permite à seguradora explorar os canais do banco público com exclusividade neste segmento por 20 anos

Entrevista exclusiva

CEO da BGC Liquidez projeta alta de até 12% para bolsa dos EUA e diz que dólar abaixo de R$ 4 é difícil neste ano

Mesmo com o câmbio um pouco mais alto, o especialista projeta que o PIB termine este ano com alta de 2,3%. Mas diz que um dos maiores perigos para a expansão é que a reforma tributária seja postergada novamente

BALANÇO

Receita bruta da Cia Hering soma R$ 502,9 milhões no 4º trimestre

Segundo a empresa, as vendas mesmas lojas apresentaram queda de 4% na rede Hering. Importante destacar que a rede apresentou nos últimos 7 trimestres crescimento desse indicador

AQUISIÇÃO

BC autoriza que Banco Inter compre 70% de controladora da DLM Invista

Hoje, a DLM possui R$ 4,5 bilhões em ativos sob gestão e é responsável pela gestão fundos de investimento e previdência privada, além de gestão de patrimônio por meio de fundos e carteiras de clientes de alta renda

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Nada além de céus azuis

“Blue days / All of them gone / Nothing but blue skies / from now on” Caro leitor, Os versos da canção otimista de Irving Berlin, composta há quase cem anos, dizem, numa tradução livre, que os dias “azuis” (no sentido de “tristes”, “depressivos”) se foram e que, de agora em diante, não haverá nada […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements