💸 Você pode receber R$ 120 para investir; veja como solicitar o depósito aqui

Cotações por TradingView
2019-04-23T13:17:14-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
frustração

80% dos cadastrados em plataforma para prejudicados por planos econômicos ainda não receberam os valores devidos

Sistema digital foi criado pelos bancos há quase um ano, mas, segundo associações de defesa dos poupadores, as pessoas têm tido dificuldades com a plataforma

23 de abril de 2019
13:17
Notas de real
Notas de real - Imagem: Shutterstock

Oito em cada dez cadastrados na plataforma para atendimento a prejudicados por planos econômicos ainda não receberam os valores devidos.

O sistema digital foi criado pelos bancos há quase um ano, mas, segundo associações de defesa dos poupadores, as pessoas têm tido dificuldades com a plataforma.

É o caso do professor aposentado Euclides Rossignoli, de 80 anos, que teve as economias afetadas pelo Plano Verão, de 1989. Ele entrou na Justiça em 1993, por meio de uma ação coletiva do Instituto Brasileiro de Defesa do Consumidor (Idec), aderiu ao acordo no ano passado, mas ainda não recebeu.

O aposentado estima ter cerca de R$ 50 mil para receber do Banco do Brasil. "Mas até agora, nada. Sei que algumas pessoas já conseguiram, mas depende do banco. A verdade é que a gente imaginava que essa novela iria acabar."

Bresser, Verão e Collor 2

Os bancos colocaram no ar uma plataforma digital, em maio de 2018, para que os poupadores pudessem aderir ao acordo — que prevê a compensação de perdas com os planos Bresser (1987), Verão (1989) e Collor 2 (1991).  As adesões seriam feitas em série, segundo a idade dos poupadores.

Mas o limite de adesão ao acordo é de dois anos, contados a partir da homologação pelo Supremo Tribunal Federal (STF), em março de 2018. Ou seja, o prazo termina no ano que vem.

Cadastrados, mas sem adesão

A Federação Brasileira de Bancos (Febraban) conta que até a metade de abril, 150.579 poupadores haviam se cadastrado na plataforma. Desse total, 31.602 receberam os valores devidos, 11.332 estão em análise pelos bancos e uma quantidade expressiva de poupadores iniciaram o cadastramento, mas não concluíram a adesão.

Desde janeiro passado, a Frente Brasileira dos Poupadores (Febrapo) já recebeu mais de 3 mil queixas de poupadores e advogados a respeito do funcionamento indevido da plataforma e do não cumprimento do acordo pelos bancos.

Segundo o advogado do Idec, Walter Moura, impressiona que os bancos tenham "resultados tão pífios" no processamento de dados de um acordo que eles firmaram. De acordo com a entidade, com exceção de Caixa e Itaú, os demais bancos têm atrasado ou retido pagamentos.

Outro lado

A Advocacia Geral da União (AGU), intermediária do acordo, disse que as entidades responsáveis devem se manifestar.

Bradesco e Santander disseram que a Febraban falaria em nome deles. A entidade disse que todos os bancos que aderiram ao acordo já realizaram pagamentos — pela plataforma ou negociações diretas.

A federação lembra que tem realizado mutirões para agilizar o pagamento, em parceria com tribunais de justiça. Até março, 8.805 acordos foram fechados. Sobre a plataforma digital, a entidade afirma que vem trabalhando, em parceria com a Febrapo e o Idec, para corrigir eventuais dificuldades.

Já o Banco do Brasil afirma ter fechado, até a metade de abril, mais de 6 mil acordos pela plataforma do poupador, com 5.658 pagamentos efetuados e 410 em fase de processamento. Atualmente, há 1,2 mil propostas em análise. "O BB aguarda resposta do Idec para 874 propostas repassadas em março."

*Com informações do jornal O Estado de S. Paulo.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

EM BLOCO

Fundo de Pedro Moreira Salles se une a gestoras renomadas em acordo de acionistas na Eneva (ENEV3)

7 de dezembro de 2022 - 9:21

O novo bloco, formado por Cambuhy, Atmos, Dynamo e Velt, detém 35,7% do capital da Eneva e fica à frente do BTG Capital, maior acionista da empresa de energia

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Day trade na B3: Oportunidade de lucro acima de 7% com ações do Itaú Unibanco (ITUB4); veja a recomendação

7 de dezembro de 2022 - 8:29

Após o fechamento do último pregão, identifiquei uma oportunidade de compra dos papéis de Itaú Unibanco (ITUB4)

O MELHOR DO SEU DINHEIRO

Propostas para a pausa na Copa do Mundo: PEC da Transição, orçamento secreto, Copom e mais notícias para você

7 de dezembro de 2022 - 8:17

Com pausa na Copa do Mundo, a vida real traz agenda cheia para os mercados financeiros, com PEC da Transição, orçamento secreto, Copom e mais

FII DO MÊS

Fundos imobiliários que lucram com a Selic alta são os mais recomendados para dezembro; veja as escolhas de 11 corretoras para o final do ano

7 de dezembro de 2022 - 7:03

Vale relembrar que o Copom decide a trajetória da Selic hoje; a expectativa é que a taxa básica brasileira seja mantida em 13,75% ao ano

MERCADOS AGORA

Bolsa agora: Ibovespa futuro abre em queda acima de 1% com maior cautela do exterior; dólar cai

7 de dezembro de 2022 - 7:02

RESUMO DO DIA: As bolsas internacionais reagem aos mais recentes dados de exportação da China, que registraram queda de 8,7% em novembro. As atenções também se voltam à Zona do Euro, com a divulgação do PIB trimestral. No cenário doméstico, os investidores repercutem a aprovação da PEC da Transição na CCJ do Senado e acompanham […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies