Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-26T12:39:30-03:00
Estadão Conteúdo
Atenção investidor

Petrobras Distribuidora informa que vai pagar R$ 2,5 bi em dividendos

De acordo com a Petrobras, a primeira parcela dos dividendos, no total de R$ 1,026 bilhão, foi paga em 31 de maio. O montante corresponde a R$ 0,88 por ação, incluindo atualização pela taxa Selic.

26 de outubro de 2019
12:38 - atualizado às 12:39
Petrobras
Imagem: Shutterstock

A Petrobras Distribuidora informou que vai realizar o pagamento de R$ 2,469 bilhões em dividendos na próxima terça-feira, 29 de outubro. O montante refere-se à segunda parcela de dividendos do exercício de 2018, segundo informou a companhia em aviso aos acionistas, divulgado na Comissão de Valores Mobiliários (CVM).

O valor da segunda parcela corresponde a R$ 1,32 por ação. E passou por correção pela taxa Selic de 31 de dezembro de 2018 a 29 de outubro de 2019, correspondente a R$ 0,06 sobre qual haverá incidência de 22,5% de imposto de renda. O pagamento será efetuado pelo Banco Bradesco, instituição depositária das ações escriturais.

De acordo com a Petrobras, a primeira parcela dos dividendos, no total de R$ 1,026 bilhão, foi paga em 31 de maio. O montante corresponde a R$ 0,88 por ação, incluindo atualização pela taxa Selic.

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

O futuro está no céu

A acirrada corrida pelo ‘carro voador’

Além de chamar a atenção no mercado de capitais, as startups de “carros voadores” estão atraindo talentos e parceiros de setores mais tradicionais da economia

XP anuncia investimento na edtech Resilia

A Resilia é uma edtech que combina tecnologias que potencializam o aprendizado individualizado e em comunidade com um método de ensino que capacita potenciais talentos de uma forma mais rápida para o mercado digital

Análise

Investir em ações de banco ainda é uma boa? Veja 3 motivos que deixam a XP Investimentos cautelosa

Se no ano passado a postura era otimista, agora os analistas do setor financeiro da XP estão mais cautelosos, já que o cenário é de preços elevados dos ativos e uma concorrência e intervenções regulatórias preocupantes.

REFORMA TRIBUTÁRIA

PIB pode crescer 1,6% com redução de IR para empresas, indica estudo

O cálculo de 20% teve como base comportamento das empresas depois de um dos maiores aumentos na alíquota do imposto sobre dividendos no mundo – na França, em 2013, de 15,5% para 46%

ESG

‘Equidade racial se tornou prioridade dentro da Vivo’, diz presidente

Dentro da extensa agenda ESG, que concentra ações ambientais, sociais e de governança, a Vivo aposta na equidade racial

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies