Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T14:18:47-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Para modernizar a estatal

Governo indica Nivio Ziviani para o Conselho de Administração da Petrobras

Ziviani é engenheiro mecânico com mestrado em informática; expectativa é que o novo membro traga inovações na área de tecnologia da informação

21 de janeiro de 2019
20:26 - atualizado às 14:18
Petrobras
Nome de Ziviani ainda deverá ser aprovado pelo conselhoImagem: Shutterstock

A Petrobras anunciou na noite desta segunda-feira, 21, que o governo indicou o professor Nivio Ziviani para exercer o cargo de membro do Conselho de Administração da companhia.

De acordo com o comunicado da estatal, a indicação será agora submetida aos procedimentos internos de governança corporativa, incluindo análises de conformidade e integridade necessárias ao processo sucessório da Petrobras, que envolvem apreciação pelo Comitê de Indicação, Remuneração e Sucessão do Conselho de Administração, pelo Conselho de Administração e, posteriormente pela Assembléia Geral de Acionistas.

Nome técnico

A petroleira também afirmou em nota que a chegada de Ziviani está alinhada com a ênfase dada à tecnologia da informação no processo de transformação da empresa. Atualmente, a Petrobras sustenta uma proposta de maximizar a geração de valor para os acionistas.

Ziviani é graduado em Engenharia Mecânica pela UFMG, com mestrado em Informática pela PUC-RJ e Ph.D. em Computer Science pela Universidade de Waterloo, Canadá. Ele também foi professor Titular do Departamento de Ciência da Computação da UFMG, sendo Professor Emérito desde 2005 e membro titular da Academia Brasileira de Ciências desde 2007. Recebeu ao longo de sua carreira vários prêmios e honrarias, entre elas a Ordem Nacional do Mérito Científico, nas classes de Comendador (2007) e Grã Cruz (2018).

Como empreendedor fundou várias empresas, como Kunumi, Neemu, Akwan Information Technologies e Miner Technology Group. O Professor Ziviani é também co-criador da máquina de busca TodoBR.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

De onde vem o dinheiro?

Governo confirma Auxílio Brasil em R$ 400, mas sem revelar de onde vai tirar o dinheiro para bancar o benefício

O ministro da Cidadania não respondeu às perguntas da imprensa nem confirmou a fonte de renda para o novo programa social, o que é a grande preocupação dos mercados

O que vem depois da lua?

Depois do recorde: até onde vai a alta do bitcoin? Especialista em criptomoedas responde

Depois da aprovação do primeiro ETF em criptomoedas, o bitcoin (BTC) não para de subir e as estimativas são otimistas — mas os EUA podem mudar o jogo

Analistas respondem

Ações da Vale aprofundam queda com sinais ruins do relatório de produção e vendas no 3º trimestre. Hora de comprar VALE3?

Analistas apontam que, enquanto a produção foi sólida, a venda de minério de ferro veio abaixo do esperado até pelas estimativas mais conservadoras

Puxando os ETFS

Chove bitcoin, molha ETF: fundos de índice brasileiros sobem até 19% em dia de recorde do BTC

Enquanto o primeiro ETF de criptomoeda dos Estados Unidos avança tímidos 3%, na B3, o avanço é de até 19,78%

Cabo de guerra

Sem explicar origem da verba, Bolsonaro confirma Auxílio Brasil em R$ 400 e promete respeitar teto de gastos

Apesar da promessa do presidente, o governo flerta com a flexibilização do teto para conseguir arcar com o valor do benefício

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies