Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-11-13T08:58:20-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
OLHO NOS NÚMEROS

MRV, Copel e Cogna: os balanços que movimentam os mercados nesta quarta-feira

Maratona de números promete movimentar a bolsa. Para que você não perca nenhum detalhe importante dos resultados, o Seu Dinheiro separou os principais números de cada empresa

13 de novembro de 2019
8:56 - atualizado às 8:58
balanço relatório crescimento
Imagem: Shutterstock

A temporada de resultados empresariais do terceiro trimestre de 2019 segue nesta quarta-feira (13) com grandes destaques da bolsa. Entre a noite de ontem e a manhã de hoje ao menos três empresas divulgaram seus resultados.

A maratona de números ajuda a movimentar a bolsa brasileira. Ontem, o Ibovespa terminou o dia em baixa de 1,49%, aos 106.751,11 pontos. O dólar à vista fechou em alta de 0,57%, a R$ 4,1665. Veja como deve ser o dia dos mercados na Bula.

Mas para que você não perca nenhum detalhe importante dos resultados trimestrais das empresas, o Seu Dinheiro separou os principais números de cada companhia. Confira como foi o trimestre de MRV, Copel e Cogna.

MRV

A MRV, maior operadora do Minha Casa Minha Vida (MCMV), teve uma queda em seu lucro líquido no terceiro trimestre deste ano devido a redução do valor médio de subsídio por imóvel dentro do programa habitacional após uma mudança de regra no fim do ano passado, aumento no preço do aço e do concreto, entre outras coisas. A incorporadora ainda teve uma expansão do uso de mão de obra próprio no lugar de terceirizados. Em paralelo, a companhia passou a adotar o modelo de paredes de concreto em substituição à alvenaria tradicional, o que gerou uma perda de produtividade temporária para aprendizado por parte das equipes. Esses fatores provocaram uma queda de 3,6 pontos porcentuais na margem bruta, que recuou para 29,5%.

  • Lucro líquido: R$ 160 milhões (↓8%)
  • Ebitda (potencial de geração de caixa): R$ 248 milhões (↑4,2%)
  • Receita: R$ 1,569 bilhão (↑16,1%)

Copel

A Companhia Paranaense de Energia (Copel) registrou lucro líquido de R$ 613 milhões no terceiro trimestre deste ano, o que representou um avanço de 42,4% em relação ao mesmo trimestre de 2018. Segundo a companhia, o resultado é explicado, em grande parte, por itens não recorrentes referentes à reversão de R$ 183,6 milhões de impairment de ativos de geração, ao resultado do trânsito em julgado da ação em que a Compagas discutia a exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Pasep e Cofins, com efeito de R$ 100,9 milhões na receita operacional, e pelo resultado positivo de R$ 82,8 milhões referente ao valor justo na compra e venda de energia da Copel Comercialização, parcialmente compensados pelo registro de R$ 136,5 milhões com impairment e baixas dos valores decorrentes de desativação de ativos de telecomunicações.
  • Lucro líquido: R$ 613 milhões (↑42,4%)
  • Ebitda (potencial de geração de caixa): R$ 1,201 bilhão (↑40,5%)
  • Receita: R$ 4,253 bilhões (↓1,3%)

*Mais informações em breve

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

IPO adiado

Bluefit: nem desconto de 20% garante estreia da rede de academias na bolsa

Inicialmente estimado em R$ 600 milhões, IPO da rede de academias de baixo custo agora deverá ter o valor reduzido e envolver apenas investidores institucionais, como fundos e fundações

Tensão EUA-China

Executiva da Huawei detida no Canadá em 2018 volta à China após acordo com os EUA

Confinada à cidade de Vancouver há quase três anos, onde havia sido presa sob acusação de fraude, CFO da Huawei, Meng Wangzhou, protagonizou incidente diplomático entre Canadá, EUA e China

o melhor do seu dinheiro

Mercados na semana: O destino da Evergrande, uma análise da Vale e seis ações indicadas por analistas

A semana que termina nos mercados foi marcada pela incerteza quanto ao futuro da incorporadora chinesa Evergrande e seus desdobramentos sobre a economia global. A crise na empresa, que tem um passivo oscilando à beira da insolvência, é consequência do aperto monetário e regulatório sobre o setor promovido pelo governo chinês desde o final do […]

Estimativas

Carrefour (CRFB3) divulga projeção para Atacadão e estima R$ 100 bi em vendas em 2024

A projeção de vendas brutas da rede no exercício social que se encerrará em 31 de dezembro de 2021 é de R$ 60 bilhões

PODCAST MESA PRA QUATRO

Da Conga até o Tik Tok: Gretchen conta de sua carreira artística e como administra seu dinheiro

Aos 60 anos, Gretchen relata sobre sua independência financeira e histórias de família e de carreira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies