Menu
2019-11-13T08:58:20-03:00
OLHO NOS NÚMEROS

MRV, Copel e Cogna: os balanços que movimentam os mercados nesta quarta-feira

Maratona de números promete movimentar a bolsa. Para que você não perca nenhum detalhe importante dos resultados, o Seu Dinheiro separou os principais números de cada empresa

13 de novembro de 2019
8:56 - atualizado às 8:58
balanço relatório crescimento
Imagem: Shutterstock

A temporada de resultados empresariais do terceiro trimestre de 2019 segue nesta quarta-feira (13) com grandes destaques da bolsa. Entre a noite de ontem e a manhã de hoje ao menos três empresas divulgaram seus resultados.

A maratona de números ajuda a movimentar a bolsa brasileira. Ontem, o Ibovespa terminou o dia em baixa de 1,49%, aos 106.751,11 pontos. O dólar à vista fechou em alta de 0,57%, a R$ 4,1665. Veja como deve ser o dia dos mercados na Bula.

Mas para que você não perca nenhum detalhe importante dos resultados trimestrais das empresas, o Seu Dinheiro separou os principais números de cada companhia. Confira como foi o trimestre de MRV, Copel e Cogna.

MRV

A MRV, maior operadora do Minha Casa Minha Vida (MCMV), teve uma queda em seu lucro líquido no terceiro trimestre deste ano devido a redução do valor médio de subsídio por imóvel dentro do programa habitacional após uma mudança de regra no fim do ano passado, aumento no preço do aço e do concreto, entre outras coisas. A incorporadora ainda teve uma expansão do uso de mão de obra próprio no lugar de terceirizados. Em paralelo, a companhia passou a adotar o modelo de paredes de concreto em substituição à alvenaria tradicional, o que gerou uma perda de produtividade temporária para aprendizado por parte das equipes. Esses fatores provocaram uma queda de 3,6 pontos porcentuais na margem bruta, que recuou para 29,5%.

  • Lucro líquido: R$ 160 milhões (↓8%)
  • Ebitda (potencial de geração de caixa): R$ 248 milhões (↑4,2%)
  • Receita: R$ 1,569 bilhão (↑16,1%)

Copel

A Companhia Paranaense de Energia (Copel) registrou lucro líquido de R$ 613 milhões no terceiro trimestre deste ano, o que representou um avanço de 42,4% em relação ao mesmo trimestre de 2018. Segundo a companhia, o resultado é explicado, em grande parte, por itens não recorrentes referentes à reversão de R$ 183,6 milhões de impairment de ativos de geração, ao resultado do trânsito em julgado da ação em que a Compagas discutia a exclusão do ICMS da base de cálculo do PIS/Pasep e Cofins, com efeito de R$ 100,9 milhões na receita operacional, e pelo resultado positivo de R$ 82,8 milhões referente ao valor justo na compra e venda de energia da Copel Comercialização, parcialmente compensados pelo registro de R$ 136,5 milhões com impairment e baixas dos valores decorrentes de desativação de ativos de telecomunicações.
  • Lucro líquido: R$ 613 milhões (↑42,4%)
  • Ebitda (potencial de geração de caixa): R$ 1,201 bilhão (↑40,5%)
  • Receita: R$ 4,253 bilhões (↓1,3%)

*Mais informações em breve

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

pandemia no país

Brasil acumula 4,4 milhões de casos e 135 mil mortes por covid-19

Nas últimas 24 horas, foram registrados 858 óbitos pela covid-19, totalizando 135.793 mortes

seu dinheiro na sua noite

A bolsa consegue se sustentar sem anabolizante?

O canadense Ben Johnson assombrou o mundo ao cruzar a linha de chegada dos 100 metros rasos com a marca de 9 segundos e 79 centésimos nas Olimpíadas de 1988, recorde mundial. A consagração durou pouco. Dias depois ele foi pego no exame antidoping e perdeu a medalha de ouro conquistada nos Jogos de Seul. […]

dinheiro para o acionista

EDP Brasil paga R$ 353,5 milhões em dividendos e juros sobre capital próprio em 23 de setembro

Do total, R$ 236 milhões serão pagos na forma de juros sobre capital próprio e R$ 117,5 milhões em dividendos

follow-on na área

Oferta de ações da Suzano detidas pelo BNDESPar pode movimentar R$ 6,1 bi sem lote adicional

Data estimada da oferta é para 2 de outubro. A princípio, serão oferecidos 125,18 milhões de papéis da Suzano; lote adicional pode levar valor a R$ 7,4 bilhões

lista da forbes

Bilionário Joseph Safra desbanca Lemann em ranking dos mais ricos

Pódio dos bilionários brasileiros é completado por Eduardo Saveri, cofundador do Facebook, com fortuna estimada em R$ 68 bilhões; veja lista

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements