Menu
2019-10-14T14:24:52-03:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
Engordando os cofres

Magazine Luiza anuncia ganho extra de R$ 250 milhões após vitória na Justiça

Empresa venceu uma ação no STF que analisou a inconstitucionalidade da inclusão do ICMS na base de cálculo do PIS e da Cofins

15 de agosto de 2019
20:01 - atualizado às 14:24
Fila de consumidores em frente à loja Magazine Luiza na Avenida Senador Teotônio Vilela, Cidade Dutra
Imagem: Estadão Conteúdo/Sérgio Neves

Não bastasse a alta de quase 175% no lucro líquido do segundo trimestre, o Magazine Luiza agora traz motivos extras para comemorar. A empresa anunciou que venceu uma ação judicial no Supremo Tribunal Federal (STF) que analisou a inconstitucionalidade da inclusão do Imposto sobre Circulação de Mercadorias e Serviços (ICMS) na base de cálculo do PIS e da Cofins.

Como bonificação pela vitória, a gigante do varejo espera creditar mais R$ 250 milhões, cifra adicional ao valor que já havia anunciado no balanço do segundo trimestre do ano. O cálculo final do crédito ainda está em fase final de validação pela Justiça, e portanto pode sofrer algumas alterações.

O fato relevante divulgado pela empresa via Comissão de Valores Mobiliários (CVM) também ressalta que o Magalu terá o direito de reaver, mediante compensação, todos os valores referentes ao imposto já recolhidos e devidamente corrigidos.

A notícia deve trazer um gás extra para as ações da companhia na bolsa (MGLU3), que já acumulam ganhos de 62% neste ano. Somente em agosto, os papéis se valorizaram 11%.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

covid no brasil

Covid-19: Brasil tem 97.256 óbitos e 2,02 milhões de recuperados

Atualmente, 741.180 pacientes estão em acompanhamento

Resultados que mexem o mercado

Braskem, AES Tietê, SulAmérica: os balanços que vão movimentar o mercado nesta quinta

Resultados financeiros do primeiro trimestre afetam mercado em meio à pandemia

seu dinheiro na sua noite

O fim de um ciclo?

Após um ano de cortes sucessivos, o atual ciclo de queda da taxa básica de juros, a Selic, parece ter chegado ao fim nesta quarta-feira. No início da noite, o Comitê de Política Monetária do Banco Central (Copom) anunciou a redução dos juros em 0,25 ponto percentual, para 2,00% ao ano, como já era esperado […]

Novo corte

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 2,00% ao ano

Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central cortou a Selic mais uma vez

Mínima histórica

Banco Central reduz Selic para 2% ao ano e sinaliza fim do ciclo de cortes de juros

Essa foi a nona (e última?) redução consecutiva no atual ciclo de queda da Selic, que começou em julho do ano passado

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements