Menu
2019-06-16T11:18:40-03:00
Estadão Conteúdo
DIÁLOGO CORDIAL

Presidente do BNDES conversou com ministro da Economia sobre demissão

Levy entregou seu pedido de demissão do cargo ao ministro após ser alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro neste sábado (15)

16 de junho de 2019
11:18
presidente do BNDES, Joaquim Levy e Ministro da Economia, Paulo Guedes.
Presidente do BNDES, Joaquim Levy, e ministro da Economia, Paulo Guedes. - Imagem: Alan Santos/PR

O ministro da Economia, Paulo Guedes, conversou neste domingo, 16, com o presidente do Banco Nacional de Desenvolvimento Econômico e Social (BNDES), Joaquim Levy, sobre o pedido de desligamento do executivo do banco de fomento.

A conversa entre Levy e Guedes ocorreu no início da manhã deste domingo. O diálogo foi cordial e "houve muita concordância", segundo uma fonte.

Levy entregou seu pedido de demissão do cargo ao ministro após ser alvo de críticas do presidente Jair Bolsonaro ontem (15), em função da nomeação do advogado Marcos Barbosa Pinto para o cargo de diretor de Mercado de Capitais do banco de fomento.

No sábado, Bolsonaro declarou que Levy estava "com a cabeça a prêmio há algum tempo".

"Levy nomeou Marcos Pinto para função no BNDES. Já estou por aqui com o Levy", disse o presidente neste sábado. "Falei para ele: (Levy) demite esse cara na segunda ou eu demito você (Levy) sem passar pelo Guedes (ministro da Economia)", afirmou ontem o presidente.

Barbosa Pinto trabalhou como assessor do BNDES durante o governo PT, de 2005 a 2007, o que irritou Bolsonaro. No entanto, o próprio Levy foi ministro da Fazenda de Dilma Rousseff.

Em nota distribuída à imprensa na manhã deste domingo, Levy confirmou que entregou seu pedido de desligamento do BNDES ao ministro da Economia. No comunicado, ele deseja a Guedes "sucesso nas reformas".

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Recuperando lentamente

Volkswagen prevê lucro operacional ajustado mais baixo em 2020

A montadora projeta fluxo de caixa líquido de cerca de 6 bilhões de euros.

“HBRE3”

Segmento imobiliário da B3 vai ganhar mais um nome, a HBR Realty

Do mesmo fundador da Helbor, companhia chega à bolsa após levantar R$ 729,6 milhões em oferta restrita de ações

Mercados hoje

Ibovespa recua mais de 1% em meio a risco fiscal e aumento da covid-19; dólar vai a R$ 5,45

Pela manhã, já havia uma expectativa que a bolsa brasileira acompanhasse as quedas das bolsas europeias, americanas e das commodities.

Títulos públicos

Veja os preços e as taxas do Tesouro Direto nesta sexta-feira

Confira os preços e taxas de todos os títulos públicos disponíveis para compra e resgate

MELHORANDO

Mesmo com avanço do faturamento, prejuízo do IRB cresce em novembro

Perda de R$ 124,5 milhões foi atribuída pelo ressegurador ao aumento das despesas financeiras após mudanças regulatórias

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies