Menu
2019-12-04T14:44:14-03:00
se depender do presidente...

Privatizar o Banco do Brasil? Bolsonaro diz que possibilidade é zero

4 de dezembro de 2019
14:40 - atualizado às 14:44
Presidente Jair Bolsonaro
Presidente da República, Jair Bolsonaro. - Imagem: Alan Santos/PR

O presidente da República, Jair Bolsonaro, negou nesta quarta-feira (4) a intenção de privatizar o Banco do Brasil ou a Caixa Econômica Federal, após rumores de que a desestatização do BB estava nos planos do Ministério da Economia.

"Da minha parte, não existe qualquer intenção de pensar em privatizar Banco do Brasil ou Caixa Econômica, zero", disse o presidente.

No início desta semana, o jornal O Globo disse que o ministro Paulo Guedes e sua equipe tentariam convencer Bolsonaro a aceitar vender a instituição pública. Segundo a publicação, a privatização do Banco do Brasil poderia ocorrer até o fim do mandato, em 2022.

Em outubro deste ano, o presidente do Banco do Brasil, Rubem Novaes, chegou a afirmar que a privatização do Banco do Brasil era inevitável, ressaltando que era sua "opinião pessoal".

"Do jeito que a modernização do sistema bancário se acelera, nesse mundo de inovações constantes, é óbvio que uma instituição publica não vai ter a mesma velocidade de adaptação", afirmou Novaes naquela época.

Nesta semana, o secretário de especial de Desestatização do Ministério da Economia, Salim Mattar, em entrevista exclusiva ao Seu Dinheiro, afirmou que o governo tentaria a desestatização apenas de subsidiárias do BB, Caixa Econômica e Petrobras.

Nesta quarta, as ações ordinárias do Banco do Brasil (BBAS3) subiam 0,64%, a R$ 48,70. No ano, a valorização dos ativos é da ordem de 9%. Acompanhe nossa cobertura dos mercados.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Disputa com a Stone

Linx se recusa a assinar protocolo de oferta da Totvs, que sobe tom contra conselheiros da empresa

Totvs ainda não desistiu do negócio, mas disse que os conselheiros independentes da Linx trataram a oferta da companhia de forma desigual em relação à proposta feita pela Stone

seu dinheiro na sua noite

A segunda onda (e o primeiro teste)?

A bolsa brasileira ganhou 1 milhão de pessoas físicas nos últimos seis meses. São novos investidores que praticamente não sabem o que é perder dinheiro na renda variável. O Ibovespa registrou uma alta de respeitáveis 40% entre março — o epicentro do terremoto nos mercados provocado pela crise do coronavírus — e agosto. O ganho […]

abertura de capital

Bradesco planeja IPO da Ágora e corretora deve se separar do banco até o fim do ano

Analistas do Goldman Sachs tiveram conferência com os diretores do Bradesco, Leandro Miranda e Carlos Firetti. O plano é realizar o IPO depois de a Ágora conquistar o segundo lugar do setor em termos de participação de mercado — o que é previsto para acontecer dentro de 4 ou 5 anos

Tenebrosas transações

Ibovespa fecha em queda e dólar sobe com escândalo envolvendo bancos da Europa e dos EUA

Aumento de casos de covid-19 na Europa e morte de juíza federal norte-americana constituíram ingredientes adicionais à forte aversão ao risco nos mercados globais

INDO PARA A BOLSA

CSN autoriza IPO da parte de mineração e atualiza projeções

CSN decidiu pelo IPO da unidade de mineração “à luz das condições favoráveis e perspectivas positivas do mercado de minério de ferro”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements