Menu
2019-05-17T10:05:43-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Otimismo demais?

Para Guedes, reforma da Previdência pode ser aprovada em 60 dias

Segundo o ministro da Economia, Paulo Guedes, o Brasil deve retomar o crescimento econômico e atingir o saneamento fiscal no horizonte de 10 a 15 anos com a aprovação da reforma

17 de maio de 2019
8:00 - atualizado às 10:05
Paulo Guedes
Paulo Guedes - Imagem: Marcelo Fonseca/Estadão Conteúdo

Na cerimônia de entrega do prêmio Personalidade do Ano, concedido pela Câmara de Comércio Brasil - EUA ao presidente Jair Bolsonaro em Dallas (Texas), o ministro da Economia Paulo Guedes falou sobre suas expectativas para a aprovação da reforma da Previdência. O ministro acredita que é possível aprovar a pauta no Congresso em 60 dias.

Durante a viagem, Guedes teria conversado com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), sobre um calendário de votação da proposta.

Paulo Guedes afirmou que o Brasil deve retomar o crescimento econômico e atingir o saneamento fiscal no horizonte de 10 a 15 anos. Segundo o ministro, o País gasta US$ 100 bilhões por ano "sem poder sair da pobreza". "Isso vai ser maravilhoso, vai mudar totalmente a perspectiva do País", completou.

Realismo

Enquanto o ministro da Economia segue confiante na aprovação rápida da reforma da Previdência, Rodrigo Maia e o relator da reforma n Comissão Especial da Câmara seguem mais realistas. Maia afirmou que o calendário original proposto se mantém. A previsão é que a proposta seja aprovada no plenário da Câmara em julho e só depois deve seguir para a tramitação no Senado.

Já o relator Samuel Moreira afirmou que tem como prazo apresentar seu relatório no máximo até a segunda semana de junho. Em entrevista à GloboNews, Moreira lembrou que a proposta está no período de recebimento de emendas e que audiências públicas ainda serão realizadas para debater especificidades do texto.

Para Moreira, o governo "tem dado caneladas desnecessárias", que podem atrapalhar a tramitação do texto e que é preciso blindá-la e "despi-la" de questões partidárias.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Novidades na B3?

Multilaser e Invest Tech entram na fila de pedidos de IPO

As duas empresas engrossam a lista de ofertas em análises na Comissão de Valores Mobiliários (CVM), que já conta com 28 pedidos

Ainda falta chão...

Reforma administrativa dá mais um passo na Câmara dos Deputados

O relator leu hoje seu parecer pela constitucionalidade da proposta na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ); votação deve ocorrer a partir do dia 20

Novo momento

Fertilizantes Heringer registra prejuízo líquido de R$ 7,46 milhões no 1º tri

Empresa teve melhor Ebitda da história para um primeiro trimestre, mas resultado foi impactado por despesas financeiras

na b3

GetNinjas estreia em queda na bolsa, após IPO com ação abaixo do previsto

Empresa levantou R$ 550 milhões na oferta inicial de ações, com desconto de quase 20% do valor do papel em relação ao preço mínimo da faixa

Diversificando

BTG Pactual lança fundo de investimento 100% em bitcoin

O lançamento vem em linha com a diversificação de ativos oferecidos pelo banco

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies