';

IPCA + 7,5%: receba esta e outras ofertas ‘premium’ de renda fixa no WhatsApp; clique aqui

Cotações por TradingView
2019-05-17T10:05:43-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
No Seu Dinheiro você encontra as melhores dicas, notícias e análises de investimentos para a pessoa física. Nossos jornalistas mergulham nos fatos e dizem o que acham que você deve (e não deve) fazer para multiplicar seu patrimônio. E claro, sem nada daquele economês que ninguém mais aguenta.
Otimismo demais?

Para Guedes, reforma da Previdência pode ser aprovada em 60 dias

Segundo o ministro da Economia, Paulo Guedes, o Brasil deve retomar o crescimento econômico e atingir o saneamento fiscal no horizonte de 10 a 15 anos com a aprovação da reforma

17 de maio de 2019
8:00 - atualizado às 10:05
Paulo Guedes
Paulo Guedes - Imagem: Marcelo Fonseca/Estadão Conteúdo

Na cerimônia de entrega do prêmio Personalidade do Ano, concedido pela Câmara de Comércio Brasil - EUA ao presidente Jair Bolsonaro em Dallas (Texas), o ministro da Economia Paulo Guedes falou sobre suas expectativas para a aprovação da reforma da Previdência. O ministro acredita que é possível aprovar a pauta no Congresso em 60 dias.

Durante a viagem, Guedes teria conversado com os presidentes da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), sobre um calendário de votação da proposta.

Paulo Guedes afirmou que o Brasil deve retomar o crescimento econômico e atingir o saneamento fiscal no horizonte de 10 a 15 anos. Segundo o ministro, o País gasta US$ 100 bilhões por ano "sem poder sair da pobreza". "Isso vai ser maravilhoso, vai mudar totalmente a perspectiva do País", completou.

Realismo

Enquanto o ministro da Economia segue confiante na aprovação rápida da reforma da Previdência, Rodrigo Maia e o relator da reforma n Comissão Especial da Câmara seguem mais realistas. Maia afirmou que o calendário original proposto se mantém. A previsão é que a proposta seja aprovada no plenário da Câmara em julho e só depois deve seguir para a tramitação no Senado.

Já o relator Samuel Moreira afirmou que tem como prazo apresentar seu relatório no máximo até a segunda semana de junho. Em entrevista à GloboNews, Moreira lembrou que a proposta está no período de recebimento de emendas e que audiências públicas ainda serão realizadas para debater especificidades do texto.

Para Moreira, o governo "tem dado caneladas desnecessárias", que podem atrapalhar a tramitação do texto e que é preciso blindá-la e "despi-la" de questões partidárias.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

ESTÁGIO E TRAINEE

Uber, Anvisa e GM estão com vagas abertas para estágio e trainee; veja oportunidades com bolsas-auxílio de até R$ 2,1 mil

30 de janeiro de 2023 - 15:32

As empresas aceitam candidaturas de estudantes e recém-formados em diversos cursos; o início está previsto para o primeiro semestre desde ano

REVISÃO

Bradesco BBI eleva recomendação para Cogna (COGN3) e vê potencial de valorização para as ações

30 de janeiro de 2023 - 15:09

O banco também aumentou o preço-alvo da Cogna (COGN3) para R$ 2,70 e está mais otimista com os resultados que virão em 2023

É HORA DE COMPRAR?

Vale x CSN Mineração; Gerdau x CSN: Santander define os confrontos — e as vencedoras — entre as ações de mineração e siderurgia

30 de janeiro de 2023 - 14:46

Enquanto o setor de mineração deve apresentar resultados mais fortes referentes ao quarto trimestre de 2022, o mesmo não acontece com a siderurgia, que enfrenta demanda e preços internacionais mais fracos

O QUE É ISSO, UM LIVRO?

Bilionário indiano rebate acusações de fraude após Adani Group perder US$ 72 bilhões em valor de mercado

30 de janeiro de 2023 - 14:05

Gautam Adani publicou um documento de 413 páginas refutando as alegações da Hindenburg Research de fraude contábil e lavagem de dinheiro

DESTAQUES DA BOLSA

CVC (CVCB3) despenca na B3 e lidera quedas do Ibovespa hoje — o que está por trás da queda?

30 de janeiro de 2023 - 13:48

A companhia subiu forte na semana passada, mas a correção das cotações não é o único fator por trás do desempenho negativo hoje

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies