Menu
2019-12-21T09:18:15-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Na base da conversa

Bolsonaro: Trump se convenceu e nosso aço e alumínio não serão sobretaxados

Presidente norte-americano havia prometido aplicar tarifas à importação de aço e alumínio do Brasil e da Argentina em 2 de dezembro

20 de dezembro de 2019
19:03 - atualizado às 9:18
Bolsonaro
Imagem: José Dias/PR

O presidente Jair Bolsonaro anunciou nesta sexta-feira, 20, que o aço e alumínio brasileiros não serão sobretaxados pelo governo dos Estados Unidos. "Ele (Trump) se convenceu e decidiu dizer aos brasileiros que nosso aço e alumínio não serão sobretaxados", afirmou em transmissão ao vivo nas redes sociais.

Segundo Bolsonaro, nesta tarde ele recebeu uma ligação de Donald Trump, que durou 15 minutos. "Entendo o que ele queria dizer e dei meus argumentos", disse.

Trump prometeu aplicar tarifas à importação de aço e alumínio do Brasil e da Argentina em 2 de dezembro, em anúncio no Twitter, como forma de compensar a variação cambial da moeda destes países. Bolsonaro destacou que vem conversando com o governo americano desde aquela ocasião. "Nós ligamos muitas vezes e eles ligaram para nós e chegamos a um bom termo", explicou.

O presidente estava acompanhado do ministro Ernesto Araújo, das Relações Exteriores, e do assessor especial da Presidência Filipe Martins. "Estou muito feliz com o senhor Donald Trump, da maneira como se dirigiu ao chefe de Estado brasileiro. E como nós prometemos lá atrás, durante a campanha, o nosso comércio não tem mais viés ideológico. Os EUA são um país importantíssimo para nós. E pode ter certeza, a nossa balança comercial crescerá muito nos próximos anos", declarou o presidente.

'Grande telefonema'

Na sequência de Bolsonaro, Trump publicou breve mensagem em sua conta no Twitter sobre seu telefonema.

"Acabei de ter um grande telefonema com o presidente do Brasil, Jair Bolsonaro", afirmou Trump. "Nós discutimos muitos assuntos, incluindo comércio. A relação entre os Estados Unidos e o Brasil nunca foi mais forte!", afirmou o americano.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

Reforma administrativa

Lira diz ser possível Câmara aprovar reforma administrativa até setembro

Para Lira, o tema deve gerar “discussões acaloradas” porque faz parte da bandeira de alguns partidos da Câmara

Mais empresas

Total de empresas no País subiu 6,1% no pré-pandemia, após 3 anos de fechamento

O total de empresas em atividade subiu a 5,239 milhões, um avanço de 6,1% em relação a 2018, o equivalente a 301.388 negócios a mais

Exile on Wall Street

Rodolfo Amstalden: habilidade emocional e investimentos

Os alunos de medicina da classe de 1992 não aguentavam mais estudar, desde o cursinho, desde que tiveram o azar de nascer em suas tradicionais famílias de doutores. Passaram os primeiros 18 meses da faculdade babando em cima de livros de capa dura. Madrugadas inteiras em modo zumbi, decorando nomes de partes que pareciam não […]

Mercados hoje

Ibovespa opera em alta, mas inflação global segue nos holofotes; dólar recua

Influenciada pelo bom humor internacional, a bolsa brasileira deve acompanhar o ritmo positivo enquanto digere os dados do Relatório Trimestral de Inflação

O melhor do seu dinheiro

“Festa junina” das empresas de saúde na bolsa, moeda digital brasileira e outras notícias do dia

A pandemia de covid-19 impacta não só a economia, mas também a nossa vida social. Neste ano, não tivemos Carnaval, e desde o ano passado, também estamos sem as tradicionais festas juninas. É sempre importante lembrar que as origens das festas juninas são católicas, já que são comemoradas datas relativas a São João Batista, Santo […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies