Menu
2019-09-05T10:03:51-03:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Mal-entendido

Como a Zara se viu no centro de uma polêmica envolvendo os protestos em Hong Kong

Todo o problema teria começado quando quatro das 14 lojas da empresa ficaram fechadas durante parte do dia enquanto uma série de protestos ocorreriam pelas principais avenidas da metrópole na última segunda-feira

4 de setembro de 2019
18:37 - atualizado às 10:03
shutterstock_1027086592
Imagem: Shutterstock

A gigante do fast fashion espanhol Zara se viu em maus bocados nesta semana, com o agravamento dos protestos em Hong Kong. Segundo informações da BBC, a companhia fundada pelo bilionário Amancio Ortega foi questionada nas redes sociais. Os usuários teriam ficado em dúvida se a empresa estaria apoiando os protestos que se espalharam pela cidade e que são pró-democracia.

Todo o problema teria começado quando quatro das 14 lojas da empresa ficaram fechadas durante parte do dia, ao mesmo tempo em que ocorria uma série de protestos pela cidade na última segunda-feira (2).

Tudo foi um mal-entendido

Mas, segundo a Inditex, que é a dona da rede de lojas Zara, o atraso na abertura das lojas se deu por conta dos problemas de transporte, já que milhares de jovens tomaram as ruas.

Em nota, a companhia disse que apoia o modelo governamental de "um país, com dois sistemas" e que "respeita a independência do território das pessoas da República da China".

Mesmo sem posicionar diretamente sobre ser ou não favorável aos protestos, ao ser questionada pela CNN na própria segunda-feira (2), a companhia pediu desculpas por conta do possível mal-entendido que possa ter causado aos seus consumidores.

Ações da companhia

Apesar do mal-entendido com as lojas da Zara em Hong Kong, os papéis de sua dona não sofreram forte impacto.
Na última segunda-feira, as ações da Inditex (código ITX) terminaram o pregão em Madri cotadas em € 27,85, sendo que no dia anterior a cotação de fechamento foi de € 28,12.
No ano, os papéis acumulam alta de 24,38%. Já no mês de setembro, as ações apresentam contração de 1,14%.

Um fundador bilionário

Além de ser uma marca bastante famosa mundo afora, a Zara possui como fundador o biliário Amancio Ortega. Ele é atualmente o sexto homem mais rico do mundo.
Segundo a revista Forbes, sua fortuna é avaliada em US$ 62,7 bilhões no ranking de bilionários de 2019, o que faz dele o varejista mais rico do mundo.
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Após vacinação e apoio fiscal

Economia dos EUA está “em ponto de inflexão” positivo, diz Powell, do Fed

Economia norte-americana está prestes a começar a crescer muito mais rapidamente, afirmou presidente do banco central norte-americano em entrevista

nos estados unidos

Remuneração de CEOs cresceu em meio à pandemia

Recuperação do mercado de ações impulsionou ganhos de executivos em 2020, que tiveram remuneração média de US$ 13,7 mi no período

Após estremecimentos

China quer parceria estratégia com Brasil, diz chanceler asiático

Chanceler chinês, Wang Yi, falou com o novo ministro das Relações Exteriores do Brasil, Carlos Alberto Franco França.

entrevista

Bittar reafirma que Guedes sabia de acordo para destinar verba a emendas

Apontado como um dos artífices da “maquiagem” no Orçamento, o senador Marcio Bittar diz que não chegou sozinho ao valor de R$ 29 bilhões em emendas

Apesar da pandemia

Saúde perde espaço em emendas parlamentares

Números mostram estratégia dos parlamentares para destinar recursos para obras e projetos de interesse eleitoral em seus redutos

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies