O melhor time de jornalistas e analistas do Telegram! Inscreva-se agora e libere a sua vaga

2019-08-23T10:53:02-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Guerra comercial

China revida e anuncia tarifas sobre US$ 75 bilhões em produtos dos EUA

Os chineses avisaram que teria “troco” depois da última rodada de tarifas anunciada por Donald Trump. Diretor de Comércio dos EUA defende negociações

23 de agosto de 2019
10:53
Xadrez com Estados Unidos e China
Imagem: Shutterstock

A China anunciou tarifas em retaliação aos Estados Unidos hoje, com alíquotas entre 5% e 10% sobre mais US$ 75 bilhões em bens americanos. Segundo comunicado divulgado pelo Conselho de Estado, as tarifas serão implementadas em dois lotes - em 1º de setembro e 15 de dezembro, abrangendo mais de 5 mil produtos.

O documento diz, ainda, que a medida é uma resposta ao anúncio do governo americano de que vai impor tarifas de 10% sobre US$ 300 bilhões em bens chineses, feito no início de agosto.

A ação é "uma medida forçada para lidar com o unilateralismo e o protecionismo comercial dos EUA", diz o Conselho de Estado. "A cooperação é a única escolha correta, e uma situação ganha-ganha pode levar a um futuro melhor", acrescenta o texto.

Resposta americana

O diretor do Conselho de Comércio da Casa Branca, Peter Navarro, disse que as negociações comerciais vão continuar mesmo após o anúncio feito pelos chineses

Navarro, que falou à emissora “Fox Business Network”, disse que a China está enfrentando o peso das tarifas que o governo dos EUA impôs a seus produtos e apelou aos investidores que voltem sua atenção ao discurso que o presidente do Federal Reserve (Fed), banco central americano, Jerome Powell, fará logo mais, às 11h (de Brasília), durante o simpósio anual do Fed em Jackson Hole.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

A Turquia mandou avisar: Suécia e Finlândia podem implorar, mas não vão entrar na Otan; entenda por quê

Analistas veem objeção da Turquia ao ingresso de suecos e finlandeses na aliança militar como uma tentativa de obter concessões

SEU DIA EM CRIPTO

Oscilando nos US$ 30 mil, bitcoin (BTC) mira novos patamares de preço após criar suporte; momento é positivo para comprar criptomoedas

Entenda porque a perda de paridade com o dólar é importante para a manutenção do preço das demais criptomoedas do mundo

O CEO do JP Morgan merece um bônus de US$ 52 milhões? Os acionistas vão decidir hoje

Em 2021, o CEO do JP Morgan, Jamie Dimon recebeu um bônus de US$ 34,5 milhões, sendo um dos executivos americanos com maior remuneração

Nubank (NUBR33) empolgou? Nem tanto. Saiba por que as ações dispararam após o balanço, mas logo perderam a força

Inadimplência do Nubank subiu mais que nos grandes bancos brasileiros no primeiro trimestre, mas analistas minimizaram a alta

MERCADOS HOJE

Bolsa hoje: Ibovespa opera em alta, mas desacelera após manhã agitada; dólar é negociado abaixo dos R$ 5

RESUMO DO DIA: Os sinais de alívio da covid-19 na China devolveu o apetite de risco dos investidores nesta terça-feira (17). O tom menos agressivo dos representantes do Federal Reserve na tarde de ontem (16) também incentivam uma busca por barganhas nas bolsas hoje. Por aqui, o Ibovespa acompanha os debates envolvendo a PEC 63, […]

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies