Menu
2019-04-30T06:53:48-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
todos pela reforma

Executivo e Legislativo estão unidos por Previdência, diz presidente da Comissão Especial

Deputado Marcelo Ramos (PR-AM) esteve nesta segunda-feira, 29, com o presidente Jair Bolsonaro e o principal grupo atualmente responsável pela condução da reforma

30 de abril de 2019
6:51 - atualizado às 6:53
Marcelo Ramos (PR - AM)
Marcelo Ramos (PR - AM) - Imagem: Cleia Viana/Câmara dos Deputados

O presidente da Comissão Especial, que analisa a reforma da Previdência na Câmara, deputado Marcelo Ramos (PR-AM), afirmou que há uma unidade entre o Executivo e o Legislativo para aprovar a proposta da reforma da Previdência.

Ramos se referia a uma reunião do presidente Jair Bolsonaro com o principal grupo atualmente responsável pela condução da reforma.

Ontem, 29, Bolsonaro recebeu o presidente da Câmara, Rodrigo Maia (DEM-RJ), o ministro da Economia, Paulo Guedes, o relator da proposta, deputado Samuel Moreira (PSDB-SP), além do próprio Ramos para tratar da questão. O deputado Silvio Costa Filho (PRB-PE) também esteve presente.

"Não aprofundamos nada em relação aos trabalhos da comissão. Foi um gesto institucional do presidente Rodrigo Maia de demonstrar que hoje há unidade entre o Executivo e o Legislativo de aprovar a reforma, com os ajustes que o Legislativo acha que precisam ser feitos. É uma sinalização para o país de que o Executivo e o Legislativo estão unidos por superar dificuldades e aprovar uma reforma tão necessária e urgente", disse Ramos ao Broadcast.

De acordo com o deputado, o cronograma de trabalho da comissão especial não chegou a ser discutido efetivamente com o presidente. O colegiado fará uma reunião informal nesta terça-feira, 30, para debater prazos e procedimentos.

Antes do encontro, o grupo de parlamentares esteve com Guedes no ministério da Economia. Na saída, Maia afirmou que havia combinado a reunião com Bolsonaro para mostrar que "a Câmara e o governo vão trabalhar de forma conjunta, harmônica, respeitando a independência entre os poderes".

Esta foi a terceira vez em três dias que Maia esteve com Bolsonaro. No sábado, os dois se encontraram no aniversário do ministro do Tribunal de Contas da União, Walton Alencar Rodrigues, e no domingo se reuniram por cerca de uma hora no Palácio da Alvorada.

A reaproximação acontece após uma série de embates públicos entre os dois. No auge das rusgas, Maia chegou a ameaçar deixar a articulação pela reforma da Previdência.

*Com Estadão Conteúdo

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Boletim médico

Covid-19: Brasil tem 154 mil mortes e 5,27 milhões de casos acumulados

Atualmente há 397.524 pacientes em acompanhamento. De acordo com o Ministério da Saúde, 4.721.593 pessoas já se recuperaram da doença.

aperte o play

Netflix: 5 números que você precisa conhecer do resultado do terceiro trimestre

Spoiler: os investidores não gostaram do que viram… #SeuDinheiro

Mudanças no time

Weg anuncia renúncia de diretor de finanças e relações com investidores

A companhia divulga os seus resultados do terceiro trimestre na próxima quinta-feira (22)

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

A bolsa voltou aos 100 mil pontos. Agora pra ficar?

A trilha sonora do mercado nesta terça-feira podia ser O Portão, o clássico de Roberto Carlos do refrão “Eu voltei, agora pra ficar. Porque aqui, aqui é o meu lugar…” O Ibovespa retomou o patamar dos 100 mil pontos depois de pouco mais de um mês. Difícil é dizer se a volta será definitiva. Em outubro, […]

Prévias operacionais

Cyrela tem crescimento de 46% em lançamentos e 58% em vendas no 3º trimestre

Segundo as prévias operacionais, construtora lançou R$ 2,589 bilhões e vendeu R$ 2,456 bilhões no período

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies