Menu
2019-06-07T18:46:22-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
É o fluxo!

Entrada de dólar supera saída em US$ 346 milhões em maio, diz Banco Central

Resultado mensal veio após aportes no valor de US$ 44,052 bilhões e de retiradas no total de US$ 45,201 bilhões

5 de junho de 2019
13:59 - atualizado às 18:46
Notas de dólar
Imagem: Shutterstock

Depois de registrar saídas de US$ 1,625 bilhão em abril, o País fechou o mês de maio com fluxo cambial positivo em US$ 346 milhões, informou nesta quarta-feira, 5, o Banco Central.

No canal financeiro, houve saída líquida de US$ 1,149 bilhão no mês passado, resultado de aportes no valor de US$ 44,052 bilhões e de retiradas no total de US$ 45,201 bilhões. Este segmento reúne investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo de maio ficou positivo em US$ 1,495 bilhão, com importações de US$ 15,252 bilhões e exportações de US$ 16,747 bilhões.

Nas exportações, estão incluídos US$ 3,179 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 4,540 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 9,027 bilhões em outras entradas.

E o acumulado do ano?

O fluxo cambial do ano até 31 de maio (última sexta-feira) está positivo em US$ 3,164 bilhões, informou nesta quarta-feira, 5, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 18,816 bilhões.

A saída líquida de dólares pelo canal financeiro neste ano até 31 de maio foi de US$ 6,893 bilhões. Este resultado é fruto de aportes no valor de US$ 230,096 bilhões e de envios no total de US$ 236,989 bilhões. O segmento reúne investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado ficou positivo em US$ 10,057 bilhões, com importações de US$ 67,998 bilhões e exportações de US$ 78,055 bilhões. Nas exportações estão incluídos US$ 14,563 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 18,587 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 44,905 bilhões em outras entradas.

Na semana

O fluxo cambial da semana passada (de 27 de maio a 31 de maio) ficou negativo em US$ 1,268 bilhão, informou o Banco Central.

No período, houve saída líquida de dólares pelo canal financeiro, de US$ 1,527 bilhão, resultado de aportes no valor de US$ 10,357 bilhões e de envios no total de US$ 11,884 bilhões.

No comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 259 milhões no período, com importações de US$ 4,392 bilhões e exportações de US$ 4,652 bilhões. Nas exportações, estão incluídos US$ 775 milhões em ACC, US$ 1,657 bilhão em PA e US$ 2,220 bilhões em outras entradas.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

REVIRAVOLTA

Ibovespa recua 3% e dólar vai a R$ 5,78 após STF anular condenações de Lula na Lava Jato

Diante de um cenário já negativo, a decisão aumenta o nível de incertezas domésticas, segundo analistas

Ajuda na crise

Guedes revela o valor do novo auxílio emergencial e diz que governo pode gastar mais se necessário

Os valores da nova rodada de auxílio emergencial irão de R$ 175 a R$ 375, sendo R$ 250 em média, de acordo com o ministro

apetite chinês

O ano do boi será o ano dos frigoríficos, e o Credit Suisse aponta melhor ação para aproveitar o momento

Peste suína africana nos rebanhos de suínos chineses e demanda por alimentos devem resultar em importação recorde de carne pela China

prepara o bolso

Mais um? Petrobras anuncia novo aumento nos preços do diesel e da gasolina

Diesel vai subir R$ 0,15 por litro e a gasolina será de R$ 0,23 por litro a partir de amanhã nas refinarias da empresa, diz Abicom

Interrompendo o casamento

Movida reforça pedido do Cade para barrar união entre Unidas e Localiza

De acordo com a companhia, isso geraria uma concorrência desleal no setor, com a nova empresa tendo 65% do mercado brasileiro de aluguel e 29% do mercado de frotas

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies