Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-10-14T14:38:53-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
sondagem

Confiança da indústria recua para menor nível em 18 meses

Confiança recuou em 11 dos 19 segmentos industriais pesquisados em julho. No geral, a queda do índice foi influenciada pelo Índice de Situação Atual

29 de julho de 2019
10:09 - atualizado às 14:38
Produção industrial
Produção industrial - Imagem: shutterstock

A confiança da indústria caiu 0,9 ponto em julho ante junho, para 94,8 pontos, o menor nível desde outubro de 2018. Os dados são da sondagem realizada pela Fundação Getulio Vargas (FGV) e divulgada nesta segunda-feira, 29.

Já em médias móveis trimestrais, o índice recuou pelo quarto mês consecutivo, desta vez em 1,0 ponto.

Segundo a FGV, a confiança recuou em 11 dos 19 segmentos industriais pesquisados em julho. No geral, a queda do índice foi influenciada pelo Índice de Situação Atual (ISA), de 2,2 pontos, para 94,4 pontos.

O Índice de Expectativas (IE) subiu 0,5 ponto, para 95,3 pontos - a primeira alta desde janeiro de 2019. Mesmo assim, a alta do IE foi determinada apenas por um componente do indicador.

Boa ou ruim?

A parcela de empresas que classifica a situação como boa caiu de 19,6% para 11,9%, enquanto a fatia que considera a situação ruim aumentou de 21,1% para 22,7%.

Os outros indicadores que compõem o ISA também tiveram desempenho desfavorável. O indicador que mensura o nível de estoques, por exemplo, caiu 0,6 ponto, para 94,1 pontos, o menor valor desde junho de 2018 (90,2 pontos).

Já a alta do IE foi puxada pelo aumento do indicador que mede o otimismo dos empresários com a evolução do ambiente de negócios nos seis meses seguintes, que avançou 3,3 pontos, para 98,4 pontos - o mesmo nível de maio.

A parcela de empresas prevendo melhora passou de 34,9% para 38,4%. Já aquelas que projetam piora caiu de 13,2% para 10,3%.

O indicadores de produção e emprego previstos para os próximos três meses recuaram 1,4 ponto e 0,3 ponto, respectivamente.

O Nível de Utilização da Capacidade Instalada (Nuci) subiu 0,5 ponto porcentual entre junho e julho, alcançando 75,5%, patamar idêntico ao de outubro de 2018. Em médias móveis trimestrais, o Nuci avançou pela quarta vez consecutiva, em 0,4 ponto porcentual, para 75,3%.

De acordo com a FGV, a edição de julho coletou informações de 1.142 empresas entre os dias 1º e 24 deste mês. A próxima divulgação ocorrerá no dia 26 de agosto, sendo que a prévia será publicada no dia 20 de agosto.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
DINHEIRO QUE PINGA NA SUA CONTA

Uma renda fixa pra chamar de sua

Dá para ter acesso a produtos melhores do que encontro no meu banco? (Spoiler: sim).

Ventos contrários

Renova Energia não consegue “proteção” contra minoritários da própria empresa

Empresa perdeu ação no TJ-SP que tentata impedir os acionistas de produzirem provas contra a empresa, relativas à investigação sobre desvio de recursos

Preocupação

Vidas secas? Bolsonaro admite que Brasil vive “enorme crise hidrológica”

Presidente citou a falta de chuvas como um dos grandes problemas econômicos do país, juntamente com os efeitos causados pela pandemia

MESA QUADRADA

“Não me arrependo de nada. Só não posso dar conselhos financeiros para ninguém”, diz Bob Wolfenson, o fotógrafo das celebridades entrevistado no 7º episódio do Mesa Quadrada

Em em conversa para o podcast Mesa Quadrada, Dan Stulbach, Teco Medina e Caio Mesquita, conversam sobre dinheiro e carreira com Bob Wolfenson, ícone da fotografia brasileira

Situação preocupante

Cuidado com as luzes acesas! Aneel mantém taxa adicional mais alta na contas de agosto

Tarifa cobrada na bandeira vermelha nível 2 é de R$ 9,49 por 100 quilowatts-hora (kWh), e agência continua avaliando se vai elevar o valor

O melhor do Seu Dinheiro

Os melhores investimentos do mês e as notícias que foram destaque na semana

lém do ranking, tivemos o Ibovespa em queda de 2,60, e uma entrevista exclusiva com o CEO da Ânima Educação, que busca um “modelo Magalu”

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies