Menu
2019-08-15T11:47:38-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
subindo...

Alta na conta de luz acelera inflação ao consumidor no IGP-10

Índice de Preços ao Consumidor (IPC-10) subiu 0,24% este mês, após uma elevação de 0,07% em julho

15 de agosto de 2019
11:46 - atualizado às 11:47
Consumo inflação mercado
Imagem: Shutterstock

O aumento na conta de luz acelerou a inflação ao consumidor dentro do Índice Geral de Preços - 10 (IGP-10) de agosto, informou nesta quinta-feira, 15, a Fundação Getulio Vargas (FGV).

O Índice de Preços ao Consumidor (IPC-10) subiu 0,24% este mês, após uma elevação de 0,07% em julho. Cinco das oito classes de despesa registraram taxas de variação mais altas, com destaque para o grupo Habitação, que passou de aumento de 0,20% em julho para avanço de 0,99% em agosto.

Já a tarifa de eletricidade residencial saiu de uma alta de 0,06% em julho para 5,14% em agosto.

Os demais acréscimos ocorreram nas taxas dos grupos Transportes (de -0,64% para -0,31%), Alimentação (de 0,04% para 0,14%), Despesas Diversas (de 0,00% para 0,30%) e Comunicação (de 0,02% para 0,12%).

Houve contribuição dos itens: gasolina, frutas, alimentos para animais domésticos e tarifa de telefone residencial.

Na direção oposta, as taxas foram mais baixas em Educação, Leitura e Recreação (de 0,80% para -0,45%), Saúde e Cuidados Pessoais (de 0,41% para 0,35%) e Vestuário (de 0,03% para -0,09%), sob influência de itens como passagem aérea, artigos de higiene e cuidado pessoal e roupas.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

App da Pi

Aplique de forma simples, transparente e segura

ficou para esta quinta

Para privatizar Eletrobras, governo aceita mais 19 emendas à MP

Por acordo entre os senadores, o texto da MP será votado apenas amanhã, 17, a partir das 10h, e até lá, eles poderão apresentar sugestões de destaques, que podem alterar o teor do parecer

seu dinheiro na sua noite

A Selic subiu mais um pouco – e na próxima reunião tem mais

Esta “Super Quarta” terminou com os bancos centrais brasileiro e americano apertando um pouquinho mais a torneirinha dos juros. A inflação pressiona, aqui e na terra do Tio Sam, e as autoridades monetárias querem mostrar que permanecem vigilantes. O Federal Reserve ainda não elevou propriamente as taxas de juros, que foram mantidas entre zero e […]

Entrevista

Sinais do Copom apontam para Selic a 7% no fim do ano, diz Padovani, do banco BV

Economista-chefe do banco BV, Roberto Padovani destacou o tom mais ríspido do Banco Central e a indicação de que a Selic continuará em alta

MUDANÇA NOS JUROS

COMPARATIVO: Veja o que mudou no novo comunicado do Copom

Veja o que ficou igual e o que mudou no comunicado da decisão do Copom a respeito da taxa Selic, elevada ao patamar de 4,25% ao ano

Subiu de novo

Como ficam os seus investimentos em renda fixa com a Selic em 4,25% ao ano

Veja como fica o retorno das aplicações conservadoras de renda fixa agora que o Banco Central elevou a Selic mais uma vez

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies