Menu
2019-10-14T14:10:23-03:00
Estadão Conteúdo
Vende que o mercado gosta

Eletrobras diz que venda de 44 SPEs deverá ser submetida este mês ao conselho

Processo de venda deverá feito aos moldes do decreto 9188/2017, de processo competitivo fechado

7 de junho de 2019
19:53 - atualizado às 14:10
Sede da Eletrobras no Rio de Janeiro
Sede da Eletrobras no Rio de Janeiro - Imagem: Divulgação

O presidente da Eletrobras, Wilson Ferreira Junior, disse nesta sexta-feira, 7, que espera no próximo mês retomar o processo de venda das 44 sociedades de propósito específico (SPEs) de geração eólica e transmissão, divididos em 7 lotes, que não foram arrematadas em leilão realizado no ano passado.

O processo de venda deverá feito aos moldes do decreto 9188/2017, de processo competitivo fechado, como os realizados pela Petrobras na venda de suas subsidiárias.

Segundo ele, a decisão do plenário do Supremo Tribunal Federal (STF) desta semana, a respeito da venda de empresas estatais e subsidiárias, contribuiu para dar mais segurança ao procedimento.

A intenção da companhia é lançar o edital e as cartas convite aos candidatos no próximo mês e concluir as vendas até o fim do ano, quando a intenção é que a companhia passe a ter 51 empresas, considerando também o processo de fechamento e incorporação de algumas controladas.

Os recursos a receber com essas vendas será inferior ao preço mínimo estabelecido para esses lotes no leilão.

Ferreira explicou que é possível justificar os preços mais baixos, tendo em vista que nem mesmo os sócios aceitaram apresentar um lance e que, no caso de algumas eólicas, por exemplo, os parques tiveram performances inferiores ao previsto, com decorrente comprometimento da energia firme dessas usinas.

"Temos o nosso preço e vamos receber propostas, e se recebermos propostas que entendermos válidas, tem de receber um fairness opinion", disse, salientando que os atuais sócios seguem com direito de preferência.

Ferreira Junior classificou a decisão do julgamento do STF desta semana como "ótima", tendo em vista que elimina uma incerteza sobre o processo de venda de estatais e subsidiárias, mas disse que o acórdão ainda será analisado para entender efetivamente os efeitos para a companhia.

Ele reiterou que os estudos com vistas à desestatização da empresa estão em fase adiantada, com previsão de conclusão ainda para este mês, e salientou que ainda não foi batido o martelo se o processo deverá se dar por uma privatização ou uma capitalização. "Não tem definição, essa discussão está correndo, não tem nenhum prego batido, está tudo sendo discutido", disse.

Comentários
Leia também
INVISTA COMO UM MILIONÁRIO

Sirva-se no banquete de investimentos dos ricaços

Você sabe como ter acesso aos craques que montam as carteiras dos ricaços com aplicações mínimas de R$ 30? A Pi nasceu para colocar esses bons investimentos ao seu alcance

Dinheiro no bolso

Banco do Brasil anuncia pagamento de R$ 333 milhões em JCP do 4T20

Dessa forma serão pagos no dia 30 de dezembro e terão como base a posição acionária do dia 11 de dezembro de 2020

seu dinheiro na sua noite

Maradona e o rali da bolsa

O baixinho Maradona passa por dois marcadores, toca para o companheiro e depois corre para disputar a bola na área. Ele dá um salto e, de alguma forma, consegue subir mais que o goleiro inglês Peter Shilton para empurrar (literalmente) a bola para as redes. O lance do antológico gol de mão do craque argentino […]

fechamento dos mercados

Ibovespa desacelera com queda de Petrobras, mas fecha acima de 110 mil com Itaú e Vale e sobe 4% na semana

Bolsas americanas fecham para cima, renovando máximas históricas, em sessão mais curta; por aqui, ações de Petrobras reduziram alta perto do fim da sessão, eventualmente virando e fechando em queda, tirando índice acionário local da proximidade do pico intradiário

Urgente

Guilherme Boulos é diagnosticado com Covid-19

As agendas de campanha foram todas suspensas, e a coordenação da campanha vai propor à TV Globo que o último debate, previsto para hoje, seja feito de forma virtual.

Novidade no mercado

CMN: corretora de título e valor mobiliários pode prestar serviço de pagamento

Com isso, as SCTVM e SDTVM deverão optar entre a manutenção das atuais contas de registro ou a utilização de contas de pagamento.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies