Menu
2019-12-13T18:41:16-03:00
Estadão Conteúdo
ENERGIA

Eletrobras e Ande fecham acordo sobre divisão de energia de Itaipu

Ainda de acordo com a nota, agora será possível a formalização dos contratos entre a entidade binacional e as empresas compradoras

13 de dezembro de 2019
18:39 - atualizado às 18:41
Privatização Eletrobras
Sede da Eletrobras no Rio de Janeiro - Imagem: Divulgação

Depois de ter um acordo cancelado em agosto por ter criado um conflito político no Paraguai ao ter os termos divulgados, Eletrobras e Ande, a empresa de energia do Paraguai, fecharam acordo para garantir a divisão do volume e do preço de energia entre os dois países, mas os detalhes seguem em sigilo.

De acordo com nota de Itaipu, subsidiária da Eletrobras, "a contratação da potência por quatro anos dá maior previsibilidade ao planejamento das duas entidades compradoras e assegura à usina binacional os recursos necessários para seu adequado funcionamento e, por consequência, para a estabilidade no fornecimento de energia elétrica a ambos os países", afirma a hidrelétrica.

Ainda de acordo com a nota, agora será possível a formalização dos contratos entre a entidade binacional e as empresas compradoras, os quais foram aprovados em reuniões do Conselho de Administração de Itaipu e da Diretoria Executiva, ad referendum da Ande e da Eletrobras.

Com o acordo Itaipu informa que poderá também pagar royalties e despesas de exploração, "nas quais estão inseridos gastos com desenvolvimento social, entre eles as duas pontes internacionais entre Brasil e Paraguai a serem custeadas pela entidade binacional", informou.

De acordo com a empresa, o resultado das tratativas não provocará aumento na tarifa de energia em qualquer um dos dois países.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

Exile on Wall Street

O que esperar dos IPOs na bolsa brasileira? Basta ver os jornais dos EUA

Era o final dos anos 1980, mas ele pode ver o jornal de 22 de outubro de 2015. Na capa do periódico, seu filho estava sendo preso por roubo. Não havia alternativa senão entrar mais uma vez no DeLorean e viajar para o futuro, de modo a evitar a prisão de Martin McFly Júnior. O […]

Mercado de quatro patas

Poder felino: Petz compra Cansei de Ser Gato e avança na produção de conteúdo digital

A Petz entrou no segmento de conteúdo digital ao adquirir a Cansei de Ser Gato, marca voltada aos felinos e que tem forte presença nas redes

Atenção acionista

Rede D’or anuncia pagamento de R$ 156,2 milhões de juros sobre capital próprio

O pagamento do valor anunciado será destinado aos acionistas que detiverem as ações da Rede D’or no próximo dia 24 de junho

Fome para crescer

Em mais uma aquisição, Magazine Luiza se fortalece em food services com a Plus Delivery

Segundo a varejista, plataforma de entrega de comida tem cerca de 1.500 restaurantes parceiros e atende mais de 250 mil clientes por mês

mercados hoje

Bolsa firma queda e perde os 128 mil pontos, à espera de fala de Powell; dólar tem leve alta

Mesmo com uma queda acentuada do petróleo nesta manhã, o setor vê a commodity nos maiores níveis desde o início da pandemia, com a retomada das atividades

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies