Menu
2019-06-07T18:54:19-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
A pauta é fluxo cambial

Entrada de dólares supera saída em US$ 3,69 bilhões no acumulado do ano

Resultado é fruto de aportes no valor de US$ 189,485 bilhões e de envios no total de US$ 194,981 bilhões até o dia 3 de maio

8 de maio de 2019
15:38 - atualizado às 18:54
Dólares
Dados do fluxo cambial foram divulgados pelo Banco CentralImagem: Shutterstock

O fluxo cambial do ano até 3 de maio (última sexta-feira) está positivo em US$ 3,690 bilhões, informou nesta quarta-feira, 8, o Banco Central. Em igual período do ano passado, o resultado era positivo em US$ 17,353 bilhões.

A saída líquida de dólares pelo canal financeiro neste ano até 3 de maio foi de US$ 5,496 bilhões. Este resultado é fruto de aportes no valor de US$ 189,485 bilhões e de envios no total de US$ 194,981 bilhões.

O segmento reúne investimentos estrangeiros diretos e em carteira, remessas de lucro e pagamento de juros, entre outras operações.

No comércio exterior, o saldo anual acumulado ficou positivo em US$ 9,187 bilhões, com importações de US$ 53,930 bilhões e exportações de US$ 63,117 bilhões.

Nas exportações estão incluídos US$ 11,690 bilhões em Adiantamento de Contrato de Câmbio (ACC), US$ 14,785 bilhões em Pagamento Antecipado (PA) e US$ 36,641 bilhões em outras entradas.

Abril

Depois de registrar saídas de US$ 4,237 bilhões em março, o País fechou o mês de abril com fluxo cambial negativo de US$ 1,625 bilhão, informou o Banco Central.

No canal financeiro, houve saída líquida de US$ 5,751 bilhões no mês passado, resultado de aportes no valor de US$ 38,116 bilhões e de retiradas no total de US$ 43,867 bilhões.

No comércio exterior, o saldo de abril ficou positivo em US$ 4,126 bilhões, com importações de US$ 13,680 bilhões e exportações de US$ 17,806 bilhões.

Nas exportações, estão incluídos US$ 3,160 bilhões em ACC, US$ 4,009 bilhões em PA e US$ 10,637 bilhões em outras entradas.

Semana

O fluxo cambial da semana passada (de 29 de abril a 3 de maio) ficou positivo em US$ 1,712 bilhão, informou o Banco Central.

No período, houve saída líquida de dólares pelo canal financeiro, de US$ 595 milhões, resultado de aportes no valor de US$ 10,445 bilhões e de envios no total de US$ 11,040 bilhões.

No comércio exterior, o saldo ficou positivo em US$ 2,306 bilhões no período, com importações de US$ 3,838 bilhões e exportações de US$ 6,144 bilhões.

Nas exportações, estão incluídos US$ 974 milhões em ACC, US$ 2,237 bilhões em PA e US$ 2,933 bilhões em outras entradas.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Temperatura subindo

Febraban: carteira de crédito continua em expansão e deve registrar melhor índice desde 2013

As concessões de empréstimos devem apresentar crescimento de 4,7% em maio, acumulando aumento de 6,9% nos últimos 12 meses

Fim de papo

Bolsonaro se irrita com questão de frete e termina conversa na saída do Alvorada

Antes, ao ser cobrado quais as propostas para atender a categoria, Bolsonaro repetiu que o “maior problema de vocês (caminhoneiros)” é o preço dos combustíveis e os tributos

Nova realidade?

UBS prevê queda nos preços de minério de ferro e rebaixa Rio Tinto

Para os analistas, problemas com oferta no Brasil, intensificados pela pandemia, e atuação do governo chinês devem pressionar cotação do insumo

Muito além do pix

Bancos Centrais da Suíça e França testam transações com moedas digitais entre países

O experimento visa investir no mercado de empréstimos de “atacado” entre bancos, ao invés de transações públicas diárias, mas será o primeiro teste com as CBDC

COLUNA DO JOJO

Carteira Universa faz dois anos com 30 mil cotistas e ‘goleando’ o CDI; conheça

Ele é um fundo que atinge, na veia, a ideia do Felipe Miranda, que também é a minha: é possível que o varejo invista de forma praticamente idêntica à major league. O público geral não precisa ficar preso às armadilhas dos investimentos ruins.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies