Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2019-04-04T14:15:10-03:00
Estadão Conteúdo
Batalha das tarifas

Em segundo dia de negociações, pressão para acordo entre EUA e China continua

Jornal oficial chinês pediu que Washington evite “pressionar demasiadamente” a China para evitar que a situação saia do controle e não haja um acordo

8 de janeiro de 2019
6:47 - atualizado às 14:15
Luta de boxe entre Estados Unidos e China
Imagem: Shutterstock

Um jornal oficial da China alertou os Estados Unidos a não exigirem muito de Pequim num momento em que autoridades dos dois países se preparam para um segundo dia de negociações nesta terça-feira, 8, para tentar reverter sua batalha de tarifas.

O governo do presidente dos EUA, Donald Trump, está lidando com uma China cada vez mais forte que tem suas próprias necessidades imediatas, afirmou o Global Times, que é publicado pelo Partido Comunista chinês. Segundo o jornal, Washington "não pode pressionar a China demasiadamente" e deve evitar uma situação que "saia do controle".

Negociadores de ambos os lados retomaram conversas ontem, em Pequim, numa tentativa de superar divergências comerciais que começaram com acusações por Washington de que a China tem forçado empresas americanas que operam no país asiático a transferir tecnologia. Até o momento, não houve sinais claros de avanço no sentido de uma solução para o impasse.

Na segunda metade do ano passado, o governo americano elevou tarifas sobre US$ 250 bilhões em produtos chineses para até 25%. Em retaliação, Pequim impôs tarifas punitivas a US$ 110 bilhões em bens americanos.

Na avaliação do Global Times, o peso da economia chinesa significa que Pequim "poderá se engajar num boicote (comercial) ainda mais intenso" com os EUA, se necessário.

Em 1º de dezembro, Trump e o presidente chinês, Xi Jinping, concordaram em suspender a aplicação de novas tarifas por 90 dias. Economistas, porém, dizem que o período da trégua é muito curto para resolver questões que prejudicam as relações sino-americanas há muitos anos. Fonte: Associated Press.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

O FISCAL ENLOUQUECEU

Com furo no teto, XP e BTG já esperam que a Selic suba 1,5 ponto percentual na próxima semana

A corretora também reviu suas projeções para o câmbio, inflação e PIB deste e do próximo ano

E-commerce de pneus

Cantu Store não se assusta com a farra fiscal e registra pedido de IPO na CVM

A companhia paranaense conta com 26 filiais em 17 unidades federativas e quatro centros de distribuição, além de duas marcas próprias

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Guedes diz que fica, o puxadinho do teto de gastos e outros destaques do dia

Pelo menos um dos temores do mercado teve um desfecho nesta sexta-feira (22) — Paulo Guedes segue sendo o ministro da Economia, e o país não vai passar o fim de semana na incerteza. Após as baixas recentes na equipe econômica, mas o capitão do navio continua firme. Diante de tantas incertezas e a confirmação […]

SUPEROU AS EXPECTATIVAS

Hypera (HYPE3) inicia temporada de balanços com alta de 50% na receita líquida — veja os destaques da farmacêutica no terceiro trimestre

Apoiadas pelo portfólio cada vez maior de medicamentos e pelas vendas aquecidas, outras linhas do balanço também deixaram para trás as projeções

FECHAMENTO DA SEMANA

‘Fico’ de Guedes não apaga mau humor do mercado com furo no teto de gastos e Ibovespa despenca na semana; dólar volta a R$ 5,70

O principal índice da bolsa brasileira fechou o dia em queda de 1,34%, aos 106.296 pontos — longe das mínimas, mas no menor nível desde novembro de 2020. Na semana, a queda foi feia, e o Ibovespa recuou mais de 7%.

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies