Menu
2019-08-15T08:20:05-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
contra-ataque?

China promete tomar contramedidas em reação a tarifa de 10% dos EUA

Ministério de Finanças chinês alega também que o plano de Washington viola um consenso alcançado pelos presidentes dos EUA, Donald Trump, e da China, Xi Jinping

15 de agosto de 2019
8:20
Os presidentes dos Estados Unidos, Donald Trump, e da China, Xi Jinping
Imagem: Shutterstock

O Ministério de Finanças chinês disse nesta quarta-feira, 15, que o país precisa tomar "contramedidas necessárias" ao plano dos Estados Unidos de impor uma tarifa de 10% a mais US$ 300 bilhões em produtos chineses.

A notícia fez com que o dólar perdesse terreno na manhã de hoje, enquanto o euro avançava a US$ 1,1154 e a libra mostrava fortalecimento de US$ 1,2096, por volta das 8h desta quinta-feira, 15. Veja como deve ser o dia dos mercados aqui.

Em comunicado, o ministério alega também que o plano de Washington viola um consenso alcançado pelos presidentes dos EUA, Donald Trump, e da China, Xi Jinping, e tira os dois países do caminho certo no sentido de resolver suas divergências comerciais.

Na terça-feira (13), os EUA recuaram parcialmente em seu plano, ao remover alguns produtos da lista de produtos chineses que passarão a pagar tarifa de 10% a partir de 1º de setembro e adiar a tarifação de outros bens - como celulares e laptops - para 15 de dezembro.

*Com Estadão Conteúdo 

Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

Ao vivo

Eletrobras é destaque de alta na B3 com MP da privatização em análise na Câmara; acompanhe a votação

O governo corre contra o tempo para aprovar a proposta, que perderá a validade às 24h da próxima terça-feira

É para quando?

Ainda vai levar “algum tempo” para início da redução de estímulos econômicos, defende dirigente do Fed

James Bullard enfatizou que a retirada começará apenas quando a instituição tiver registrado um avanço “substancial” em direção a suas “métricas”.

Embarque imediato

Depois de incorporação, acionistas da Smiles aprovam saída do Novo Mercado

Além disso, assembleia votou a destituição do conselho de administração e a eleição de novos membros, inclusive do presidente

Procuram-se semicondutores

Falta de chips adia recuperação da indústria automobilística

O setor deve perder a chance de recuperar mercado no segundo semestre, período em que tradicionalmente se vendem mais carros

Mais uma na bolsa

Investindo no banco de investimentos: BR Partners sobe forte na estreia na bolsa

A BR Partners, banco de investimentos independente, concluiu seu IPO e estreou na bolsa nesta segunda — e a recepção do mercado foi boa

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies