Menu
2019-07-30T12:29:42-03:00
Estadão Conteúdo
De olho nas queixas

Pan e Banco do Brasil possuem piores ouvidorias entre instituições financeiras de maior porte

Em uma escalada de zero a cinco, o índice do Pan foi de 2,64 no segundo trimestre de 2019, enquanto o do Banco do Brasil foi de 3,05

29 de julho de 2019
15:49 - atualizado às 12:29
Banco do Brasil
Banco do Brasil - Imagem: Shutterstock

O banco Pan e o Banco do Brasil possuem as piores ouvidorias entre as instituições financeiras de maior porte no País, indicou nesta segunda-feira o "Ranking de Qualidade de Ouvidorias", divulgado pelo Banco Central.

Em uma escalada de zero a cinco, o índice do Pan foi de 2,64 no segundo trimestre de 2019, enquanto o do Banco do Brasil foi de 3,05. Quanto menor o índice, pior a ouvidoria.

O índice é formado a partir das reclamações registradas pelos cidadãos nos canais de atendimento do Banco Central. São considerados aspectos como o prazo de resposta dos bancos às reclamações e a qualidade da resposta. Além disso, o indicador leva em conta a iniciativa dos bancos em aderir a plataformas públicas de resolução de conflitos com os clientes.

Entre as instituições com mais de quatro milhões de clientes, o Pan apresentou prazo médio de respostas de 11,03 dias úteis, sendo que houve 31 reclamações sobre a qualidade da resposta e 1 reclamação sobre a própria ouvidoria.

O Banco Pan informou, via assessoria de imprensa, que investe constantemente na melhoria e modernização de processos internos, de produtos e na qualidade do atendimento ao cliente.

No caso do Banco do Brasil, foram 9,83 dias úteis para resposta e 24 reclamações contra a qualidade da resposta. Houve ainda 2 reclamações contra a ouvidoria.

A terceira pior ouvidoria, conforme o ranking, é do Banco CSF, com índice de 3,17. Na lista com 12 instituições, o Banco do Nordeste aparece com a melhor classificação para ouvidorias, com índice de 4,95.

Instituições menores

Entre as instituições financeiras com menos de quatro milhões de clientes, a pior ouvidoria é a da Modal, com índice de 1,43. Na sequência aparecem GMAC (1,46) e Inter (1,58).

Comentários
Leia também
UMA OPÇÃO PARA SUA RESERVA DE EMERGÊNCIA

Um ‘Tesouro Direto’ melhor que o Tesouro Direto

Você sabia que existe outro jeito de investir a partir de R$ 30 em títulos públicos e com um retorno maior? Fiz as contas e te mostro o caminho

Oferta de ações

Caixa Seguridade (CXSE3): reservas para o IPO terminam no dia 26; veja os detalhes e se vale a pena investir

Banco público pretende captar até R$ 6,5 bilhões com a venda de parte de suas ações na empresa que reúne suas participações em seguros

Fechando o bolso

Republicanos contrariam Biden e propõem pacote alternativo de US$ 568 bilhões para infraestrutura

O valor defendido pela oposição é muito inferior aos mais de US$ 2 trilhões propostos pelo presidente democrata

Aceno a Biden

Na Cúpula do Clima, Bolsonaro promete zerar emissões de gases de efeito estufa até 2050

No encontro, organizado por Joe Biden, o presidente do Brasil também se comprometeu a zerar o desmatamento ilegal até 2030

Nem o agro se salva

Centro de Tecnologia Canavieira (CTC) engrossa a lista de IPOs adiados em 2021

A empresa, que já havia interrompido a oferta por alguns dias em janeiro, citou a “deterioração” do mercado em seu segundo adiamento

perspectivas

Temporada de balanços 1º tri: quem deve ir bem e quem ainda está mal, segundo o BofA

Empresas começam a divulgar resultados de um período marcado por lockdowns e alta dos preços das commodities; veja o que esperar

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies