2019-12-06T19:12:38-03:00
Victor Aguiar
Victor Aguiar
Jornalista formado pela Faculdade Cásper Líbero e com MBA em Informações Econômico-Financeiras e Mercado de Capitais pelo Instituto Educacional BM&FBovespa. Trabalhou nas principais redações de economia do país, como Bloomberg, Agência Estado/Broadcast e Valor Econômico. Em 2020, foi eleito pela Jornalistas & Cia como um dos 10 profissionais de imprensa mais admirados no segmento de economia, negócios e finanças.
Altas e baixas

Via Varejo, Cyrela e MRV: os destaques do Ibovespa nesta sexta-feira

A perspectiva de manutenção dos juros em níveis baixos deu forças às ações de varejistas, como a Via Varejo, e de construtoras, como MRV e Cyrela

6 de dezembro de 2019
13:34 - atualizado às 19:12
A Via Varejo é dona do Ponto Frio e das Casas Bahia - Imagem: Wikipedia

Ações dos setores de varejo e construção apareceram entre os destaques positivos do Ibovespa nesta sexta-feira (6), em meio à percepção de manutenção dos juros em patamares baixos, ao mesmo tempo em que a economia doméstica dá sinais de ganho de tração. Nesse cenário, Via Varejo, Cyrela e MRV estiveram entre as mais beneficiadas hoje.

Nesta manhã, foi divulgado que a inflação medida pelo IPCA subiu 0,51% em novembro, resultado que ficou ligeiramente acima das estimativas do mercado. À primeira vista, a tendência é que esse dado desencadeasse um movimento de alta nas curvas de juros, uma vez que, com a inflação mais alta, há menos espaço para cortes na Selic.

Só que, ao olhar os números da inflação com lupa, é possível perceber que grande parte desse efeito foi gerado pelo aumento no preço das carnes — o grupo alimentação e alimentos avançou mais de 8% no mês passado. Assim, desconsiderando o comportamento desse componente, a inflação ainda estaria em níveis bastante controlados.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente

Desta maneira, por mais que o número global do IPCA tenha ficado acima do esperado, o dado não trouxe maiores preocupações ao mercado: os agentes financeiros continuam acreditando que a taxa básica de juros seguirá em níveis baixos por algum tempo. E juros baixos são sinônimo de estímulo ao consumo — o que, consequentemente, dá forças às varejistas e às construtoras.

Nesse cenário, Via Varejo ON (VVAR3) subiu 7,30% e liderou os ganhos do Ibovespa — ainda no mesmo setor, Lojas Americanas PN (LAME4) teve alta de 7,07%, B2W ON (BTOW3) avançou 3,21% e Magazine Luiza ON (MGLU3) valorizou 1,14%.

Entre as construtoras e incorporadoras, MRV ON (MRVE3) teve ganho de 4,73% e Cyrela ON (CYRE3) avançou 3,83%; fora do Ibovespa, destaque para Helbor ON (HBOR3), em alta de 3,27%, Direcional ON (DIRR3), subindo 4,27%, e Even ON (EVEN3), valorizando 4,24%.

Vale lembrar, ainda, que ao longo dessa semana foram divulgados uma série de indicadores econômicos positivos em relação à atividade doméstica. O PIB do país avançou 0,6% no terceiro trimestre, superando a expectativa do mercado, e a produção industrial avançou 0,8% em outubro, marcando o terceiro mês seguido de evolução na indústria.

Esses dados, em conjunto, criam um ambiente bastante otimista em relação às perspectivas para a economia brasileira no quarto trimestre e em 2020, o que cria as bases para que o mercado aposte suas fichas nesses dois setores.

Commodities em alta

Papéis de empresas ligadas ao setor de commodities, como Petrobras, Vale e as siderúrgicas, também apresentaram desempenho positivo nesta sexta-feira, pegando carona na valorização do petróleo e do minério de ferro.

As ações PN da Petrobras (PETR4), por exemplo, terminaram em alta de 1,00%, enquanto as ONs (PETR3) valorizaram 0,66% — lá fora, o Brent com vencimento em fevereiro teve ganho de 1,58%, e o WTI para janeiro avançou 1,27%. Na semana, ambos os contratos acumularam ganhos de mais de 6%.

A recente tendência positiva das cotações do petróleo tem relação com o desfecho da reunião da Organização dos Países Exportadores de Petróleo e seus aliados — grupo conhecido como Opep+. A aliança decidiu aprofundar os cortes na produção da commodity, o que, consequentemente, provoca um aumento no preço do produto.

Já o minério de ferro negociado no porto chinês de Qingdao — cotação que serve como referência para o mercado — fechou em alta de 0,46% nesta sexta-feira, em meio à percepção de que EUA e China estão próximos de fechar um acordo comercial.

O otimismo em relação às negociações entre as potências diminui os temores de um esfriamento econômico mais intenso na China, o principal consumidor global de minério de ferro e aço do mundo. Assim, as ações dessas empresas sobem, dada a perspectiva de manutenção da demanda elevada.

CSN ON (CSNA3) fechou em alta de 2,70%, Gerdau PN (GGBR4) teve ganho de 1,73% e Usiminas PNA (USIM5) valorizou 2,27%. Já Vale ON (VALE3) teve um desempenho mais modesto: subiu 0,79%.

Top 5

Confira abaixo os cinco papéis de melhor desempenho do Ibovespa nesta sexta-feira:

  • Via Varejo ON (VVAR3): +7,30%
  • Lojas Americanas PN (LAME4): +7,07%
  • Yduqs ON (YDUQ3): +5,47%
  • BTG Pactual units (BPAC11): +5,14%
  • Gol PN (GOLL4): +4,98%

Veja também as cinco maiores quedas do índice:

  • Itaú Unibanco PN (ITUB4): -1,81%
  • Santander Brasil units (SANB11): -1,17%
  • Energias do Brasil ON (ENBR3): -1,14%
  • Bradesco PN (BBDC4): -1,12%
  • Itaúsa PN (ITSA4): -0,96%
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Dê o play!

A bolsa ainda pulsa, mas será um último suspiro? O podcast Touros e Ursos discute o cenário para o Ibovespa

No programa desta semana, a equipe do Seu Dinheiro discute o cenário para o Ibovespa e os motivos que fazem a bolsa brasileira subir

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O respiro da bolsa brasileira, o tropeço do bitcoin e o vazamento de dados do PIX: confira as principais notícias do dia

Para quem não aguentava mais ver a bolsa brasileira apanhando enquanto Wall Street renovava recordes, este início de ano está sendo o momento da revanche. Ou melhor, de o Ibovespa “correr atrás do prejuízo”. Nesta terceira semana de janeiro, o principal índice da B3 mais uma vez contrariou o exterior e enfileirou altas, enquanto as […]

Fechamento da semana

Ibovespa tem dia morno com exterior negativo, mas termina semana com ganho de 1,88%; dólar fecha em alta, mas acumula queda de 1,05% no período

Bolsa terminou o dia em baixa, com dólar e juros em alta, com piora no exterior e preocupações fiscais

CASOS DE FAMÍLIA

Elon Musk pega pesa pesado com o Twitter após integração de NFTs; veja o que o bilionário falou

Rede social passou a permitir que usuários do iOS, sistema da Apple, utilizassem os chamados tokens não fungíveis como fotos de seus perfis

Renda fixa

Nubank lança fundo para reserva de emergência que busca retorno entre 100% e 105% do CDI – mas tem uma pimentinha

Nu Reserva Imediata é o primeiro fundo de renda fixa da família Nu Reserva; embora seja de baixo risco, ele tem opção de investir em títulos privados