Menu
2018-11-27T13:52:25-02:00
Fernando Pivetti
Fernando Pivetti
Jornalista formado pela Universidade de São Paulo (USP). Foi repórter setorista de Banco Central no Poder360, em Brasília, redator no site EXAME e colaborou com o blog de investimentos Arena do Pavini.
GUIA DO SEU DINHEIRO

O que diabos é o Tesouro Direto?

O sistema de vendas de títulos públicos para o investidor pessoa física existe desde 2002. Entenda como ele funciona

10 de outubro de 2018
17:09 - atualizado às 13:52
guia do Tesouro Direto
Guia do Tesouro Direto - Imagem: Seu Dinheiro com Shutterstock

Você provavelmente já ouviu falar no Tesouro Direto - se não ouviu, fica comigo que eu te explico. Esse investimento existe desde 2002 e tem 665 mil investidores ativos (dados de agosto de 2018) e ficou escondido nas prateleiras dos bancos por um bom tempo. O gerente te oferecia plano de previdência privada, título de capitalização, mas nada do Tesouro Direto. Pois bem! Com o crescimento das corretoras independentes, o Tesouro Direto ganhou os holofotes. E não é que agora até os bancos se renderam e passaram a oferecer condições melhores para quem quer entrar no Tesouro Direto. Nada como a concorrência...

O investidor esperto já entendeu que é uma boa comprar esses títulos - especialmente para quem tem dinheiro na poupança ou embarcou nessa furada dos títulos de capitalização. É bem acessível, com R$ 30 já dá para aplicar.

Mas, afinal, o que é o Tesouro Direto? Quais as vantagens? As desvantagens? E como investir? Se você ainda tem dúvidas, pode ficar tranquilo.

O Seu Dinheiro fez um guia completo para te ajudar a compreender tudo sobre o nosso amigo TD. Nos próximos dias você vai saber:

Afinal, o que é o Tesouro Direto?

O Tesouro Direto é uma das ferramentas do governo utilizadas para a venda de títulos públicos federais. Criado em 2002, ele tem foco no investidor pessoa física e ficou popular por permitir que se faça negociações pela internet.

A ideia do programa surgiu pela necessidade de popularizar as vendas dos títulos públicos, até então restritos e com venda feita através de fundos de renda fixa. Na prática, os bancos dificultavam o acesso da pessoa física aos títulos públicos. A pessoas física tinha que pagar um pedágio para fazer o investimento, na forma de taxas de administração de fundos de renda fixa e burocracias para negociações.

Como comprar

Para comprar um título no Tesouro Direto, você deve se cadastrar em uma instituição financeira habilitada para o programa. Amanhã vou te contar o passo a passo do cadastramento no sistema e como investir.

Depois de cadastrado, o próprio investidor acessa o site do Tesouro Direto para escolher seu título e efetuar a compra. Aqui você pode ver quais os tipos e títulos disponíveis e quais são os preços e as rentabilidades oferecidos.

Horário de funcionamento

É possível fazer consultas de seus investimentos 24 horas por dia. Já as operações de compra e venda são menos liberais e devem ser feitas nos dias úteis, das 9h30 às 18h. 

As duas principais vantagens do Tesouro Direto são a diversidade de produtos disponíveis, contemplando os mais diversos perfis de investidor, e a segurança, já que toda a garantia da aplicação é feita pelo próprio Tesouro Nacional.

Interessante... Mas o que diabos são títulos públicos?

Os títulos públicos são investimentos de renda fixa considerados conservadores, por terem um dos menores riscos entre as aplicações financeiras. Isso acontece porque, no ato de compra do título, o investidor conhece todas as condições e rendimentos que ele terá ao fim do período de contrato. 

De maneira objetiva, quando o investidor compra um título do Tesouro, ele empresta dinheiro a União. Depois do período estabelecido, o governo devolve o valor e paga juros sobre o tempo aplicado. A garantia da aplicação é feita por meio do número de protocolo gerado a cada operação e o título adquirido ficará registrado no seu CPF.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

DINHEIRO NO BOLSO

Construtora Tenda vai pagar R$ 13,7 milhões em dividendos

Montante equivale a R$ 0,13952 por ação e será repassado a partir de 16 de outubro

condição para investimentos

Audi pode deixar de produzir carros no Brasil se governo não pagar dívida

Desde o ano passado há boatos de que a empresa deixaria de produzir automóveis no País porque os investimentos para fabricar as novas versões de A3 e Q3 seriam elevados

esquenta dos mercados

Preocupação com segunda onda da covid-19 segue azedando os mercados em dia de agenda esvaziada

Na falta de novidades locais, o mau humor dos investidores estrangeiros deve impactar a bolsa brasileira

sistema financeiro

CMN amplia escopo e prorroga prazos de medidas para combater efeitos da pandemia

CMN vai permitir que instituições financeiras reduzam valores provisionados em seus balanços para arcar com os riscos em todas as operações de crédito feitas com recursos da União durante a calamidade

de olho na inovação

Facebook cria no Brasil programa de aceleração de startups focado em agricultura

Gigante de tecnologia selecionará dez empresas do País com serviços digitais ou tecnologias que beneficiem pequenos e médios produtores

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements