2019-04-04T14:24:24-03:00
Convite aceito

Juiz Sérgio Moro aceita convite de Bolsonaro para comandar ministério da Justiça

Em nota, juiz disse que agenda anticorrupção e anticrime de governo Bolsonaro o fez aceitar o convite

1 de novembro de 2018
10:56 - atualizado às 14:24
Sergio Moro no Palácio da Justiça - Imagem: Montagem: Andrei Moraes/Seu Dinheiro

O juiz federal Sérgio Moro aceitou nesta quinta-feira, 1º, o convite do presidente eleito, Jair Bolsonaro (PSL), para comandar o superministério da Justiça.

Em nota, Moro disse que se sente "horado" com o convite e que a agenda anticorrupção e anticrime o fez aceitar. Ele disse ainda que a "operação Lava Jato seguirá em Curitiba com valorosos juízes locais" e que, para que não haja "controvérsias desnecessárias", vai se afastar das audiências.

Moro esteve no Rio de Janeiro nesta manhã, onde conversou com o presidente eleito por cerca 1h30. Na saída, chegou a deixar o carro para conversar com a imprensa, mas, por conta do tumulto, acabou desistindo.

O juiz é o quinto ministro a já ser oficialmente anunciado pelo governo Bolsonaro. Onyx Lorenzoni (Casa Civil), Paulo Guedes (Economia), general Augusto Heleno (Defesa) e Marcos Pontes (Ciência e Tecnologia) compõem o resto da lista.

Veja nota na íntegra:

"Fui convidado pelo Sr. Presidente eleito para ser nomeado Ministro da Justiça e da Segurança Publica na próxima gestão. Após reunião pessoal na qual foram discutidas politicas para a pasta, aceitei o honrado convite. Fiz com certo pesar pois terei que abandonar 22 anos de magistratura. No entanto, a perspectiva de implementar uma forte agenda anticorrupção e anticrime organizado, com respeito a Constituição, a lei e aos direitos, levaram-me a tomar esta decisão. Na prática, significa consolidar os avanços contra o crime e a corrupção dos últimos anos e afastar riscos de retrocessos por um bem maior. A Operação Lava Jato seguira em Curitiba com os valorosos juízes locais. De todo modo, para evitar controvérsias desnecessárias, devo desde logo afastar-me de novas audiências. Na próxima semana, concederei entrevista coletiva com maiores detalhes.

Curitiba, 01 de novembro de 2018.

Sergio Fernando Moro"

"Será nosso norte"

Em seu twitter, Bolsonaro comemorou o aceite de Moro e enfatizou que a agenda anticorrupção e o "respeito à constituição e às leis será nosso norte".

 

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
OS MELHORES INVESTIMENTOS NA PRATELEIRA

Garimpei a Pi toda e encontrei ouro

Escolhi dois produtos de renda fixa para aplicar em curto prazo e dois para investimentos mais duradouros. Você vai ver na prática – e com a translucidez da matemática – como seu dinheiro pode render mais do que nas aplicações similares dos bancos tradicionais.

A BOLSA HOJE

Esquenta dos mercados: notícia sobre possível baixa eficácia das vacinas contra ômicron derruba mercados, em dia de discurso de Powell e votação dos precatórios

O investidor local ainda permanece de olho nas falas de Roberto Campos Neto e Paulo Guedes em eventos separados hoje

SÓ NO SAPATINHO

Dividendos: Arezzo (ARZZ3) vai distribuir R$ 60 milhões aos acionistas; veja como participar

Serão R$ 33,78 milhões em JCP e R$ 26,22 milhões em dividendos a serem depositados até 31 de janeiro de 2022

INCERTEZAS NO RADAR

CEO da Moderna levanta dúvidas sobre eficácia de vacinas contra a ômicron e provoca reação negativa nos mercados

Stéphane Bancel disse que cientistas consultados por ele esperam ‘queda significativa’ na eficácia dos imunizantes contra a nova cepa

INSIGHTS ASSIMÉTRICOS

Os investidores agora viraram virologistas: os impactos da Ômicron sobre os mercados

Ainda não sabemos o bastante para decidir se esta é uma oportunidade de compra, mas parecemos estar mais preparados como sociedade para enfrentar o problema

VAREJO DECEPCIONADO?

Black Friday supera prévias, mas vendas do fim de semana ainda perdem para os números registrados em 2019

Segundo índice calculado pela Cielo, as vendas cresceram 6,9% em relação ao ano passado, mas foram 3,8% inferiores ao período pré-pandemia