Menu
2018-10-23T17:09:09-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Impasse com a Pharol

A Justiça de Portugal trouxe boas notícias para a Oi – e para seus acionistas – nesta terça-feira

Tribunal de Comércio de Lisboa decidiu suspender a decisão da assembleia geral da Pharol que tirava a cadeira da Oi no conselho da empresa

23 de outubro de 2018
17:09

O Tribunal de Comércio de Lisboa trouxe boas notícias para a Oi (e seus acionistas) nesta terça-feira. A Corte portuguesa decidiu suspender a decisão da Pharol (antiga Portugal Telecom) de nomear novos membros dos órgãos sociais da companhia portuguesa - incluindo o conselho de administração - para o triênio de 2018 a 2020.

Essa decisão, tomada em assembleia realizada em maio deste ano, reconfigurou o conselho da Pharol e fez com que a Oi perdesse as vagas de conselheiro e suplente que tinha.

Mas, com a decisão do Tribunal, o conselho - composto por dez cadeiras e está sob a presidência de Luís Palha da Silva - permanecerá ocupado pelas mesmas pessoas que já estavam nos cargos e a Oi conseguiu manter sua posição.

Entenda o caso

A Oi e a Pharol têm participações cruzadas nas duas empresas. A brasileira possui uma fatia de 10% da Pharol por meio da subsidiária Telemar Norte Leste. Por sua vez, a Pharol é dona de uma fatia de 8,5% da Oi por meio da Bratel, seu veículo de investimentos.

Após a assembleia de 25 de maio, a Telemar Norte Leste entrou com uma medida cautelar na justiça portuguesa por ter sido impedida de votar na eleição dos membros dos órgãos sociais. Na ocasião, o presidente da assembleia entendeu que havia conflito de interesses, já que Oi e Pharol mantêm litígio por conta do processo de recuperação judicial da empresa no Brasil.

*Com Estadão Conteúdo.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Crescimento

Vale (VALE3) prevê investir US$ 2,7 bilhões na região norte até 2024

Companhia pretende ainda investir US$ 5,8 bilhões em 2021, dos quais US$ 1 bilhão serão apenas para expansão

ESTRADA DO FUTURO

Grafeno, urânio e lítio… cuidado com a obsessão de enriquecer com a próxima tecnologia do futuro

O boom de empresas de tecnologia alimenta uma esperança quase ingênua de enriquecer “horrores” descobrindo como esses materiais moldarão o nosso futuro. Vou ser totalmente transparente com você: não gosto da ideia.

Tamanho menor

Zara fecha sete lojas no Brasil em plano de reorganização

O plano da empresa foi traçado em 2020 e, no Brasil, começou ainda no ano passado, com o fechamento de lojas nas cidades de Joinville (SC) e São José dos Campos (SP)

Seu Dinheiro no sábado

A única coisa que Bill Gates não pode comprar

Troca de presidente nos Estados Unidos, início da vacinação para covid no Brasil e comunicado do Banco Central com vocabulário novo. A semana que se encerra trouxe novidades importantes. É bem verdade que também teve notícia velha, daquelas que encontramos todos os dias: disputas políticas entre Jair Bolsonaro e João Dória, caos nos hospitais públicos […]

Sem dieta

McDonald’s tem planos de abrir 50 novos restaurantes na América Latina, 80% deles no Brasil

Rede pretende investir até US$ 130 milhões (R$ 690 milhões) na região e também quer reforçar o drive-thru, delivery e o aplicativo

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements
Advertisements

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies