2018-12-13T17:48:01-02:00
Setor automotivo em alta

Governo lança tecnologia para produzir o primeiro carro híbrido flex do mundo e já tem gigante do setor anunciando investimentos bilionários

Tecnologia vai permitir que carros sejam movidos a eletricidade e etanol ou gasolina

13 de dezembro de 2018
14:19 - atualizado às 17:48
Primeiro protótipo híbrido flex foi anunciado em março deste ano - Imagem: Flickr/Palácio do Planalto

O Brasil deu mais um passo para começar a produzir o primeiro veículo híbrido flex do mundo. Em cerimônia no Palácio do Planalto nesta quinta-feira, 13, o governo lançou a tecnologia para a fabricação desses carros - e a uma das gigantes do setor automobilístico já está de olho nesse mercado.

A montadora japonesa Toyota anunciou que investirá cerca de R$ 1 bilhão em sua unidade no Brasil para o desenvolvimento dos carros híbridos flex, que serão movidos a eletricidade e etanol ou gasolina.

No evento, o ministro de Minas e Energia, Moreira Franco, afirmou que a nova tecnologia contribuirá para um ambiente mais limpo e estimulará o conhecimento científico. A Toyota fez parcerias com universidades brasileiras.

Já o presidente da Toyota para a América Latina, Steve St. Angelo, que também esteve no lançamento, ressaltou que o projeto está em linha com o programa Rota 2030, sancionado por Temer na terça feira, 13. Entre as medidas aprovadas está a redução de até três pontos porcentuais do Imposto sobre Produtos Industrializados (IPI) para carros híbridos com tecnologia que permita o uso de etanol. Esse tipo de veículo já tinha sido beneficiado recentemente com outra redução de IPI.

A empresa não anunciou qual modelo será produzido com a nova tecnologia, mas o mercado aposta no sedã Corolla, embora a montadora tenha feito localmente diversos testes com um Prius, que é importado e usa apenas gasolina no motor que gera energia.

De acordo com a Associação Brasileira de Engenharia Automotiva (AEA), a utilização de biocombustível fará com que as emissões dos veículos elétricos brasileiros sejam um terço menores do que as dos veículos elétricos europeus.

Segundo dados do Departamento Nacional de Trânsito (Denatran), circulam hoje no Brasil cerca de 7 mil carros elétricos e híbridos (usam eletricidade ou gasolina).

Ainda segundo o Ministério de Minas e Energia (MME), o desenvolvimento da tecnologia se beneficiou de duas políticas lançadas recentemente pelo governo federal, o Renovabio, que prevê um aumento da oferta de biocombustíveis, e o Rota 2030, programa de incentivos para montadoras.

De acordo com o presidente da Toyota, o primeiro protótipo híbrido flex foi anunciado em março deste ano. "A longo prazo, devido ao poder de reabsorção do CO2 no ciclo produtivo da cana-de-açúcar, o respeito pela matriz energética é outro ponto alto do veículo híbrido. Ele não exige infraestrutura e é autossustentável", disse.

Ele destacou ainda que a integração do híbrido com o flex reduzirá a necessidade de infraestrutura para o abastecimento dos carros.

*Com Estadão Conteúdo.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

O MELHOR DA SEMANA

Ronaldo Fenômeno ficou maluco? Saiba como funciona a SAF, que permitiu ao craque pagar R$ 400 milhões pelo Cruzeiro

Conheça também os principais candidatos a Sociedade Anônima de Futebol e para que tipo de clube ela pode ser mais interessante

Dê o play!

Com a Selic acima de 10%, quais os próximos passos do BC? O podcast Touros e Ursos debate o futuro da taxa de juros

No podcast Touros e Ursos desta semana, a equipe do SD discutiu o cenário para a Selic e o BC em 2022. Até onde o Copom vai subir os juros?

Sinal amarelo

Marfrig (MRFG3) confirma participação em oferta da BRF (BRFS3), mas não poderá assumir o controle da empresa; entenda

Segundo um comunicado enviado à Comissão de Valores Mobiliários hoje, as compras da Marfrig estarão limitadas a sua participação acionária atual

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

Ibovespa no azul apesar da volatilidade, bitcoin no vermelho e imbróglios com FII e Oi: o que marcou o mercado nesta sexta

Numa semana marcada pela escalada das tensões entre Rússia e Ucrânia, decisão de juros nos Estados Unidos e um discurso mais hawkish (duro contra a inflação) por parte do presidente do banco central americano, Jerome Powell, o Ibovespa conseguiu, mais uma vez, acumular alta. E as bolsas americanas – pasme – também. A sexta-feira (28) […]

DESINVESTIMENTOS

Em negócio bilionário, Petrobras (PETR4) vende ativos na Bacia Potiguar para subsidiária da 3R Petroleum (RRRP3); saiba quanto entrou nos cofres da estatal

A bola da vez é um conjunto de 22 concessões de campos de produção terrestre e de águas rasas, juntamente à sua infraestrutura de processamento, refino, logística, armazenamento, transporte e escoamento