2018-10-27T10:30:38-03:00
Estadão Conteúdo
Eleições 2018

No twitter, Bolsonaro defende propriedade privada e “obediência à constituição”

Declarações foram feitas em sequência de três posts, um deles contendo uma foto em família

27 de outubro de 2018
10:30

Em uma sequência de três posts publicados no Twitter nesta manhã, um deles contendo uma foto em família, o candidato à Presidência Jair Bolsonaro (PSL) defendeu o direito à propriedade privada e a "obediência à Constituição".

"A forma de mudarmos o Brasil será através da defesa das leis e da obediência à Constituição, Assim, NOVAMENTE, ressaltamos que faremos tudo na forma da Lei! Qualquer forma de diferenciação entre os brasileiros não pode ser admitida. Todo cidadão terá seus direitos preservados", afirmou.

Sobre propriedade privada, Bolsonaro argumentou que este é o nome dado aos "frutos materiais" de nossas escolhas, "quando gerados de forma honesta em uma economia de livre iniciativa". "Seu celular, sua terra são os frutos de seu trabalho e de suas escolhas! São sagrados e não podem ser roubados, invadidos, expropriados!"

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Clique aqui e receba a nossa newsletter diariamente
Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Que pi… é essa?

Eu decidi sair do banco, mas não queria entrar em uma enrascada. Bem, acredito que eu tenha encontrado um portal para fugir dessa Caverna do Dragão das finanças. E cá estou para explicar essa descoberta.

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

O Ibovespa na contramão do mundo, o impulso das commodities, a pressão dos servidores públicos e tudo o que agitou os mercados nesta terça

Nada como uma perspectiva de aperto monetário para segurar o desempenho dos ativos de risco. E nesta terça-feira (18), os mercados financeiros americanos voltaram do feriado colocando nos preços a expectativa dos investidores com a alta dos juros e a redução dos estímulos monetários nos Estados Unidos. O resultado foi uma disparada nos juros futuros, […]

Fechamento Hoje

Ibovespa sobrevive a mar vermelho no exterior e consegue fechar em alta; avanço nos retornos dos Treasuries pesa nos juros e no câmbio

Principal índice da B3 lutou para se manter no lado positivo ao longo de todo o pregão, com ajuda das commodities; dólar, porém, também fechou em alta