2019-04-20T15:28:42-03:00
Seu Dinheiro
Seu Dinheiro
Por tabela do frete mínimo

Caminhoneiros podem voltar a cruzar os braços a qualquer momento

Líder da categoria disse à revista “Veja” que os motoristas estão “revoltados” pela falta de fiscalização da tabela do frete mínimo e outros direitos assegurados por lei

27 de novembro de 2018
9:55 - atualizado às 15:28
Greve dos caminhoneiros
Imagem: Douglas Magno/Estadão Conteúdo

Os caminhoneiros estão planejando cruzar os braços mais uma vez, a qualquer momento. O motivo? a falta de fiscalização contra empresas que vêm descumprindo a tabela do frete mínimo.

Se essa promessa for adiante, é uma má notícia para a economia. Lembra como foi da outra vez? A bolsa de valores despencou, a Petrobras perdeu o seu presidente, várias empresas tiveram prejuízos com logística, o clima de incerteza assustou o investidor estrangeiro. Uma nova greve dos caminhoneiros é tudo que o novo governo de Jair Bolsonaro não precisa para começar seu mandato.

O que eles querem agora?

O uso da tabela foi a solução encontrado pelo presidente Michel Temer para colocar fim na greve que parou o país, por 11 dias, em maio deste ano. A informação foi dada por representantes da categoria à revista "Veja" nessa segunda-feira, 26.

À época, apesar do governo ceder, entidades representantes da agricultura e da indústria se posicionaram contra ao tabelamento.

"Estão todos [os caminhoneiros] revoltados. A questão do piso mínimo foi só uma jogada para parar a greve. Ninguém está cumprindo, e o governo não fiscaliza e tampouco multa", disse o representante do Comando Nacional do Transporte, Ivar Luiz Schmidt, à revista.

Ainda segundo o líder, uma série de leis que deveriam proteger os caminhoneiros, como a jornada de oito horas com no máximo duas horas extras, não são levadas a sério pelos contratantes.

"Hoje, todos trabalham em média dezesseis horas diárias. Alguns rodam três ou quatro dias seguidos sem dormir, pois acham que a solução da baixa rentabilidade é trabalhar mais. Daí que ocorrem os acidentes. Imagina como está no final do dia um profissional que trabalhou dezesseis horas?", disse.

Comentários
Leia também
CUIDADO COM OS ATRAVESSADORES

Onde está o seu iate?

Está na hora de tirar os intermediários do processo de investimento para deixar o dinheiro com os investidores

Market Makers

Precisamos falar de múltiplo: Saiba como identificar se uma ação está barata na bolsa

9 de agosto de 2022 - 9:34

Existem três formas de ganhar dinheiro com ações. Uma delas é com o crescimento do lucro por ação. Mas é preciso interpretar corretamente o múltiplo Preço/Lucro (P/L) de uma empresa

MERCADOS AO VIVO

Bolsa hoje: Inflação controlada anima e Ibovespa abre em alta; dólar cai e é negociado a R$ 5,09

9 de agosto de 2022 - 9:12

RESUMO DO DIA: Os investidores permanecem de olho nos dados de inflação dos Estados Unidos, divulgados na próxima quarta-feira (10). Por aqui, o Ibovespa reage aos dados do IPCA de julho e nas disputas políticas antes do início da campanha eleitoral oficial. Acompanhe por aqui o que mexe com a bolsa, o dólar e os demais […]

CAÇADOR DE TENDÊNCIAS

Oportunidade de lucro acima de 9% em swing trade com a Helbor (HBOR3); confira a recomendação

9 de agosto de 2022 - 8:26

Identifiquei uma oportunidade de swing trade – compra dos papéis da Helbor (HBOR3). Saiba mais detalhes

O melhor do Seu Dinheiro

Os sons do silêncio nas bolsas: Saiba como interpretar os ruídos dos mercados que mexem com os seus investimentos hoje

9 de agosto de 2022 - 8:24

De olhos e ouvidos atentos aos dados da inflação, investidores os juntarão ao quebra-cabeças da ata da última reunião do Copom

De olho na bolsa

Esquenta dos mercados: Todos os olhos e ouvidos do Ibovespa voltados para a inflação de hoje enquanto as bolsas internacionais aguardam os dados dos EUA

9 de agosto de 2022 - 7:43

Os índices internacionais aguardam os números de inflação dos EUA, que só devem ser conhecidos na quarta-feira

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies