IPCA + 8% e outros títulos ‘premium’: receba as melhores ofertas de renda fixa no seu WhatsApp

Cotações por TradingView
2019-04-04T14:14:53-03:00
Estadão Conteúdo
Crescimento lento

China precisa de política “relativamente acomodatícia”, diz chefe do PBOC

Economia doméstica chinesa vem desacelerando com impactos externos, segundo presidente do BC Chinês, Yi Gang

14 de dezembro de 2018
6:42 - atualizado às 14:14
presidente-da-china
Presidente da China, Xi JinpingImagem: Fotos Públicas/Kremlin

O presidente do Banco do Povo da China (PBoC, o BC chinês), Yi Gang, disse que o país precisa de condições monetárias "relativamente acomodatícias" num momento em que o crescimento da economia doméstica se desacelera.

A autoridade monetária também precisa levar os impactos externos em consideração, afirmou Yi, ressaltando que uma política excessivamente relaxada e juros baixos podem afetar a taxa de câmbio, segundo o portal de notícias chinês Sina.com.

A taxa média de alavancagem da China se mantém estável de modo geral e a melhor estratégia para lidar com o elevado índice de alavancagem ou bolhas de ativos é por meio de "deflação lenta, pouso suave e ajustes constantes", disse Yi durante fórum realizado no fim da quinta-feira, 13.

"Quando a economia ou mercados enfrentam choques externos, ainda temos condições de dar uma mão a tempo de estabilizar o mercado financeiro, principalmente a confiança do público", disse o chefe do PBoC, em evento organizado pelo portal de notícias e pelo Fórum 50 de Economistas Chineses (CE50).

Mais adiante, acrescentou Yi, o PBoC vai se esforçar para direcionar mais recursos a empresas pequenas e privadas. O crédito de fontes bancárias não tradicionais, do chamado setor paralelo, é necessário para complementar os empréstimos oficiais, comentou ele.

Nos últimos meses, reguladores e governos locais têm prometido oferecer mais ajuda a empresas privadas que enfrentam dificuldades em um meio a uma campanha de Pequim para reduzir a concessão de crédito pelo setor bancário paralelo. Mais recentemente, nas últimas semanas, bancos chineses prometeram ampliar empréstimos para companhias privadas.

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

Cortou demais?

Após demitir mais da metade dos funcionários do Twitter, Elon Musk avisa: “Estamos contratando”

27 de novembro de 2022 - 15:40

Em postagem na rede social, Musk também revelou alguns pontos-chave de como funcionará o chamado Twitter 2.0

Varejo online

Black Friday teve vendas mais fracas no e-commerce neste ano, apontam consultorias

27 de novembro de 2022 - 13:01

Especialista diz que é preciso considerar que, neste ano, o cenário pandêmico possibilitou abertura de lojas físicas, o que pode ter afetado as vendas online

Alívio para o bolso

Preço da gasolina para de subir após 6 semanas de alta

27 de novembro de 2022 - 10:22

De acordo com a ANP, preço médio do litro de gasolina nas bombas foi de R$ 5,04 na semana entre os dias 20 e 26 de novembro

Acumulou!

Ninguém acerta apostas e Mega-Sena, Lotofácil e Quina acumulam; confira como aumentar suas chances de ganhar

27 de novembro de 2022 - 8:22

Embora ninguém tenha acertado as apostas principais, alguns sortudos quase chegaram lá — confira os números sorteados

IVAN SANT'ANNA

Lula x Mercado: quem vence essa batalha?

27 de novembro de 2022 - 8:11

Recém eleito para um terceiro mandato como presidente, Lula tem dado declarações que desagradaram o mercado. É possível um consenso?

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies