Menu
Dados da Bolsa por TradingView
2018-12-20T11:21:28-02:00
Bruna Furlani
Bruna Furlani
Jornalista formada pela Universidade de Brasília (UnB). Fez curso de jornalismo econômico oferecido pela Fundação Getúlio Vargas (FGV). Tem passagem pelas editorias de economia, política e negócios de veículos como O Estado de S.Paulo, SBT e Correio Braziliense.
Reino Unido decide ir com calma...

Medo à vista: Banco da Inglaterra é mais cauteloso e mantém juro básico

Instituição prefere continuar com juros no mesmo patamar diante da intensificação das discussões sobre o Brexit e da desaceleração da economia mundial

20 de dezembro de 2018
11:21
Bandeiras do Reino Unido e da União Europeia
Imagem: shutterstock

Ao contrário da postura mostrada pelo FED ontem que anunciou uma alta de 25 pontos-base, o Banco da Inglaterra (BoE, na sigla em inglês) optou por ser mais cauteloso e manter o juro básico em 0,75%. A decisão foi unânime e já era esperada também por uma boa parcela dos analistas estrangeiros.

Na ata, o banco explica que a intensificação das incertezas causadas por conta da retirada do Reino Unido da União Europeia no chamado Brexit e a crescente preocupação diante das tensões e desaceleração das economias mundiais foram os principais motivos para a manutenção da taxa. O documento destaca também que o BoE deve esperar que o cenário fique mais claro no próximo ano para voltar a considerar novos aumentos.

Ainda sim, o Banco da Inglaterra destaca que tem interesse em aumentar as taxas de juros nos próximos três anos para fazer com que saída do país da União Europeia não gere desordem ou problemas maiores. A instituição já havia alertado anteriormente que se não houvesse um acordo para o Brexit, isso poderia gerar uma recessão imediata e que poderia ser pior do que a crise de 2008.

Comentários
Leia também
ENCRUZILHADA FINANCEIRA

Confissões de um investidor angustiado

Não vou mais me contentar com os ganhos ridículos que estou conseguindo hoje nas minhas aplicações. Bem que eu queria ter alguém extremamente qualificado – e sem conflito de interesses – para me ajudar a investir. Só que eu não tenho o patrimônio do Jorge Paulo Lemann. E agora?

SEU DINHEIRO NA SUA NOITE

GETT11 chega à bolsa com o pé direito, novo auxílio emergencial no horizonte e outros destaques do dia

Com as duas maiores economias do mundo frustrando as expectativas dos investidores e o futuro das contas públicas em um limbo, o Ibovespa não teve muito fôlego para escapar do vermelho e encerrou o dia em queda de 0,19%, aos 114.428 pontos. O Produto Interno Bruto (PIB) chinês, que cresceu 4,9% no terceiro trimestre, veio […]

Arrumando a mala

Locaweb (LWSA3) vai deixar a B3? Empresa estuda listagem nos Estados Unidos, afirma portal

Avaliada em R$ 13,5 bilhões, a empresa estreou na B3 em fevereiro do ano passado, mas pode estar prestes a abrir capital em outro país

FECHAMENTO DO DIA

Getnet (GETT11) e Lojas Americanas (LAME4) sobem forte, mas Ibovespa derrapa e dólar avança 1%

Dados econômicos na China e nos EUA decepcionaram os mercados, indicando desaceleração nas duas principais economias do mundo

Três vezes sem juros

CPFL Energia (CPFE3) parcela pagamento de R$ 1,7 bilhão em dividendos; primeira fatia cai na conta dos acionista ainda neste mês

O pagamento das primeiras duas prestações está marcado para os dias 22 de outubro e 16 de novembro, enquanto a terceira e última fatia cairá na conta dos acionistas até 31 de dezembro

MagaLu fora das urnas

Luiza Trajano confirma que não disputará as eleições, mas reforça que é uma ‘pessoa política’; entenda o posicionamento da empresária

A presidente do conselho de administração do MagaLu pretende assumir uma posição política apartidária ‘para defender causas que sejam boas para o Brasil’

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu

Usamos cookies para guardar estatísticas de visitas, personalizar anúncios e melhorar sua experiência de navegação. Ao continuar, você concorda com nossas políticas de cookies