Menu
Nicholas Sacchi
Crypto News
Nicholas Sacchi
2018-09-28T18:48:09-03:00
Criptomoedas

Os volantes mais birutas do mundo disputam mais uma corrida maluca

Coinbase, a queridinha dos Estados Unidos, resolveu atualizar sua política de listagem de tokens para incluir mais ativos.

28 de setembro de 2018
18:48

Trabalhar no desenvolvimento de um negócio nunca é tarefa fácil. Digo isso porque me lembro bem do desafio de quando assumi essa área na exchange de cripto em que trabalhei.

São inúmeras variáveis a serem consideradas, como metas para a equipe de vendas, definição de estratégias de marketing, discussões de pautas sobre conteúdos para mídias sociais, campanhas para atrair novos clientes, elaboração de conteúdo educacional e por aí vai…

Em um mercado novo, recheado de novas oportunidades, todo mundo quer pegar uma fatia do bolo. Prova disso foi o grande número de exchanges que surgiram de um ano para cá.

Destacar-se frente aos concorrentes muitas vezes é uma tarefa árdua. Mais ainda quando se trata de concorrência no espaço internacional.

Quanto mais representatividade a sua exchange tem no mercado, mais projetos vão querer ter seus tokens listados em sua plataforma de negociação. Afinal, com um grande volume de clientes, você tem tudo de que o mercado mais precisa: liquidez.

Para as exchanges, a listagem é um baita negócio. Listar seu token numa exchange de grande volume vai te custar alguns milhões de dólares. É o preço que se paga para gerar fluxo de negociação no seu ativo.

E num mercado fragmentado como o de criptoativos, quanto mais exchanges listarem o seu token, melhor.

Pois é justamente nesse contexto que a Coinbase, a queridinha dos Estados Unidos, resolveu atualizar sua política de listagem de tokens.

A empresa anunciou nesta semana, em seu perfil no Twitter, que “o novo processo de listagem nos permitirá adicionar rapidamente a maioria dos ativos digitais que atendem aos nossos padrões e seguem as legislações locais”.

Um baita negócio para a startup, que é a porta de entrada de grande parte dos investidores americanos no mundo cripto. Atualmente, a Coinbase tem apenas cinco criptos listadas: bitcoin, litecoin, ethereum, ethereum classic e bitcoin cash.

Num mercado global, com exchanges do mundo todo listando uma variedade cada vez maior de ativos, quem não se adequar vai ficar para trás.

Como sugeri no título do texto, é uma verdadeira corrida maluca…

Comentários
Leia também
A REVOLUÇÃO 3.0 DOS INVESTIMENTOS

Quem é a Pi

Uma plataforma de investimentos feita para ajudar a atingir seus objetivos por meio de uma experiência #simples, #segura, #acessível e #transparente.

socorro emergencial a estados

Tesouro regulamenta securitização de dívidas garantidas pela União

A Secretaria do Tesouro Nacional publicou no Diário Oficial da União (DOU) os requisitos que Estados, Distrito Federal e municípios devem atender para a reestruturação de dívidas garantidas pela União para fins de securitização

mas houve queda na base anual

Mercado de capitais registra melhora em julho e captações somam R$ 34 bilhões

Mas na comparação com junho de 2019, quando a Anbima havia registrado R$ 60 bilhões em captações no mercado de capitais, a queda ainda é de 43%

ideias do paletta

O rugido do leão: Aaai, meus dividendos…

Possível taxação sobre proventos possui pontos positivos e negativos: veja agora como ela te impacta

Uma pra lá, outra pra cá

Rede de farmácias D1000 estreia com tombo de 7% na B3; Quero-Quero sobe

Ambas as empresas foram listadas no Novo Mercado, segmento com os mais elevados padrões de governança corporativa da B3; IPOs movimentaram mais de R$ 2 bilhões

reduzindo custos

Na crise, empresas migram para galpões

Pequenos lojistas de shopping center e distribuidores de produtos de moda, por exemplo, encontraram uma forma mais barata e prática para economizar nesse momento difícil

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu