Menu
2018-12-13T13:47:42-02:00
Vinícius Pinheiro
Vinícius Pinheiro
Formado em jornalismo, com MBA em Derivativos e Informações Econômico-Financeiras pela FIA. Trabalhou por 18 anos nas principais redações do país, como Agência Estado/Broadcast, Gazeta Mercantil e Valor Econômico. É coautor do ensaio “Plínio Marcos, a crônica dos que não têm voz" (Boitempo) e escreveu os romances “O Roteirista” (Rocco), “Abandonado” (Geração) e "Os Jogadores" (Planeta).
Sem taxas

Confira as cinco principais novidades da plataforma de investimentos do Banco Inter

Com negociação de ações e renda fixa sem taxas, banco digital entra na disputa pelos seus investimentos, mas não quer virar “supermercado financeiro”

12 de dezembro de 2018
12:46 - atualizado às 13:47
Retrato do presidente do Banco Inter, João Vitor Menin
João Menin, presidente do banco, aposta na "interdependência" dos clientes - Imagem: Bruno Figueiredo/Seu Dinheiro

Depois de conquistar mais de 1 milhão de clientes ao oferecer uma conta digital sem tarifas, o Banco Inter entrou na disputa pelos seus investimentos.

Eu estive hoje de manhã na cerimônia que marcou o lançamento da plataforma. O evento ocorreu na sede da B3, o mesmo palco da abertura de capital do Inter, apenas oito meses atrás. De lá para cá, as ações da instituição mais que dobraram de valor na bolsa.

A plataforma ligada ao aplicativo da conta digital vai seguir a filosofia que, segundo o presidente do Banco Inter, João Vitor Menin, tem garantido o sucesso do banco: gratuidade, experiência digital e um catálogo completo.

O Inter já oferecia produtos de investimento, mas quer justamente melhorar essa experiência com o lançamento da plataforma, que já nasce com uma base de 100 mil clientes.

Mas, se é gratuito, como o Inter vai ganhar dinheiro com a plataforma? Menin diz que o lançamento se insere no terceiro ponto da estratégia, que é ter na prateleira uma oferta completa de produtos financeiros e gerar receita a partir dessa relação.

"A gente quer que o nosso cliente seja interdependente", disse Menin, em uma alusão ao nome do banco.

Confira, então, as principais novidades anunciadas hoje:

1 - Home broker gratuito

O sistema de negociação de ações é a "cereja do bolo" da plataforma do Banco Inter, segundo Menin. Ele confirmou o que já havia antecipado em entrevista para o Seu Dinheiro: não haverá cobrança de taxas de corretagem nas negociações.

Além de ações, o sistema vai oferecer a compra e venda de opções, fundos imobiliários e títulos públicos (Tesouro Direto).

Menin diz que o foco do home broker do Banco Inter não será naquele negociador ativo de bolsa (trader), mas naquele investidor que olha a renda variável como uma forma de construção de patrimônio.

Por enquanto, o sistema de negociação está disponível apenas para um grupo limitado de clientes, mas a ideia é abrir a negociação para toda a base até o fim deste mês.

2 - Previdência digital

A plataforma também vai permitir o investimento em planos de previdência privada (PGBL e VGBL). O banco diz que é o primeiro a oferecer a possibilidade de contratação 100% digital. A oferta de produtos de previdência acontecerá em parceria com a Icatu Seguros.

3 - Sem agente autônomo

Ao contrário das corretoras líderes no mercado, como a XP Investimentos, a plataforma do Banco Inter não vai contar com a figura do agente autônomo. Ou seja, as aplicações serão feitas diretamente pelo cliente, sem a intermediação de um profissional responsável por apresentar os produtos.

Essa desintermediação reduz os custos do processo, o que permite ao banco oferecer os serviços de forma gratuita, além de evitar potenciais conflitos de interesse, segundo Rafael Alves Rodrigues, diretor de investimentos do Inter.

4 - Não é supermercado financeiro

O Banco Inter também se afasta do modelo XP ao limitar a quantidade de produtos de investimento disponíveis na prateleira. A grade contará com 20 a 25 fundos, mas com uma gama diversificada de estratégias, selecionadas por um comitê do banco, de acordo com o diretor.

A aposta é que essa estrutura mais enxuta também facilite a escolha das aplicações sem a necessidade de um agente autônomo.

Tela do aplicativo do Banco Inter - Imagem: Divulgação

5 - Produtos de outros bancos

Como diz o nome Plataforma Aberta Inter (PAI), o investidor encontrará no aplicativo opções de investimento não só do banco como de outras instituições financeiras. Além de comprar produtos como letras de crédito imobiliário (LCI) e do agronegócio (LCA) e debêntures, o cliente poderá usar a plataforma para vender os títulos, caso precise de liquidez antes do vencimento.

Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Quer nossas melhores dicas de investimentos de graça em seu e-mail? Cadastre-se agora em nossa newsletter
Comentários
Leia também
Um self service diferente

Como ganhar uma ‘gorjeta’ da sua corretora

A Pi devolve o valor economizado com comissões de autônomos na forma de Pontos Pi. Você pode trocar pelo que quiser, inclusive, dinheiro

em davos

‘O grande inimigo do meio ambiente é a pobreza’, afirma Guedes em Davos

Em Davos, ministro disse que o mundo precisa de mais comida e que é preciso usar defensivos para que seja possível produzir mais

Tensão global

Ibovespa abre em queda, em meio à apreensão com vírus na China; dólar tem dia volátil

O medo quanto a um surto de pneumonia provocado pela nova variação do coronavírus que surgiu na China aumenta a aversão ao risco nos mercados, derrubando o Ibovespa e levando o dólar à R$ 4,20

Abuso do cargo

Impeachment de Trump começa a ser julgado no Senado

Trump teria retido US$ 400 milhões em verbas da área de Defesa, prometidos à Ucrânia, para obrigar Zelenskiy a investigar as atividades de Jor Biden

na suíça

Trump diz que há negociações com outros países e que maioria das tarifas à China continua até ‘fase 2’

Em discurso no Fórum Econômico Mundial em Davos, na Suíça, o presidente dos EUA comemorou a assinatura da “fase 1” do acordo, na semana passada

no roda viva

‘Não tenho esse tipo de pretensão’, diz Moro sobre 2022

Pesquisa Datafolha divulgada em janeiro indica que o ministro da Justiça é conhecido por 93% dos brasileiros e aprovado por 53%

UM PLANO DE INVESTIMENTOS

Já pensou em se aposentar aos 40 anos e viver de renda?

Esse conteúdo é para quem não está disposto a esperar até os 65 anos para se aposentar

Tudo que vai mexer com seu dinheiro hoje

12 notícias para você começar o dia bem informado

Antes de apresentar os destaques de hoje, quero te dar um recado. Ontem o Seu Dinheiro lançou um projeto feito a pedido dos leitores. É um plano para te ajudar a antecipar a sua aposentadoria e juntar dinheiro suficiente para viver de renda. Além de aprender a investir nas diferentes fases da vida, você receberá uma […]

matemática da mudança

Iluminação pública sob iniciativa privada pode economizar R$ 39 bilhões

Apenas para modernizar, ou seja, trocar todos os pontos de luz, operadores privados poderiam movimentar investimento total entre R$ 10,2 bilhões e R$ 11,7 bilhões, nas contas da consultoria Houer

Novo líder

Carne desbanca tomate do posto de vilão dos preços

Grande importação de proteína animal feita pela China por causa da peste suína africana que dizimou os plantéis do país asiático fez a cotação da arroba do boi gordo atingir o pico histórico no fim do ano passado

clima de otimismo

CEOs brasileiros apostam em receita maior em 2020

Segundo a pesquisa anual da consultoria PwC, 78% dos executivos dizem esperar crescimento de receita neste ano

Carregar mais notícias
Carregar mais notícias
Fechar
Menu
Advertisements